Brasil tem superávit primário de R$14,5 bi em outubro

O setor público consolidado brasileiro registrou superávit primário de 14,472 bilhões de reais em outubro, uma queda em relação ao superávit de 15,347 bilhões de reais em igual período do ano passado, informou o Banco Central nesta quarta-feira. Analistas consultados pela Reuters esperavam um superávit primário de 17,2 bilhões de reais em outubro. Apesar do desempenho menor do que o esperado, o resultado primário foi superior ao vencimento de juros no período e o país fechou outubro com superávit nominal, pelo segundo mês consecutivo, de 5,222 bilhões de reais. Em 12 meses encerrados em outubro, o superávit primário foi equivalente a 4,53 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ante 4,60 por cento do PIB em 12 meses até setembro. O BC informou ainda que a dívida líquida total do setor público caiu para valor equivalente a 36,6 por cento do PIB no mês passado, frente a 38,2 por cento em setembro. (Reportagem de Isabel Versiani)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.