Brasileira afirma que filhos foram retidos na Alemanha

Duas crianças brasileiras foram retidas no juizado de menores da cidade de Baden-Baden, na Alemanha. Jacy Raduan Berger, mãe das crianças, que têm 3 e 5 anos, esteve nesta manhã na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado. Segundo ela, os filhos foram levados ao país para visitarem o ex-marido e os avós, que são alemães, mas a brasileira afirma que foi impedida de regressar com eles para o Brasil.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

30 Junho 2011 | 14h49

A CDH pedirá aos ministérios da Justiça e das Relações Exteriores que façam gestões junto ao governo da Alemanha para a repatriação dos menores. Por solicitação do senador Eduardo Suplicy (PT-SP), serão encaminhadas, junto com o pedido de providências às autoridades brasileiras, cópias das notas taquigráficas do depoimento de Jacy Raduan à comissão.

Com os passaportes apreendidos por solicitação do ex-marido à Justiça alemã, as crianças estão vivendo em uma dependência do juizado de menores de Baden-Baden, conforme o relato da mãe. A senadora Marta Suplicy (PT-SP) afirmou que os senadores vão se empenhar pela repatriação das crianças e que estarão ao lado da mãe até o desfecho do caso.

Mais conteúdo sobre:
brasileira filhos ex-marido Alemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.