Brasileira Jade se torna 3a melhor ginasta do mundo

A brasileira Jade Barbosaconquistou medalha de bronze nesta sexta-feira na disputa pelotítulo mundial de ginástica no individual geral, em Stuttgart. A italiana Vanessa Ferrari, campeã do ano passado, dividiuo bronze com Jade. Ferrari caiu nas barras assimétricas e quaseficou sem medalha nenhuma. A brasileira ganhou três medalhas no Pan-Americanodisputado em julho no Rio de Janeiro. Ouro no salto, bronze nosolo além da prata por equipes. O chinês Yang Wei manteve na sexta-feira seu título mundialde ginástica no individual geral, e a norte-americana ShawnJohnson seduziu os jurados e ficou com o título feminino. Yang somou um total de 93,675 pontos, 1,475 à frente doalemão Fabian Hambuechen, o segundo colocado. O japonês HisashiMizutori levou o bronze, com uma atuação consistente em todosos aparelhos. A competição foi mais acirrada entre as mulheres. Johnsonchegou ao último aparelho, o solo, em segundo lugar. Mas seusorriso, seu salto, seus giros e seu pouso, tudo impecável, lhevaleram o maior aplauso e a maior nota. "É incrível, irreal", resumiu a radiante Johnson aosjornalistas. "É a melhor experiência que já tive." Com 61,875 pontos, ela deixou a romena Steliana Nistor emsegundo lugar com vantagem de 1,25 ponto. Tanto Johnson quanto Yang haviam participado da conquistado ouro por equipes. No caso do chinês, ele demonstrava a confiança de que seriaimbatível. Executou uma série complexa de giros no cavalo e feza rotina mais difícil do dia nas argolas, o que lhe valeu umanota 16,400, apesar das eventuais oscilações que demonstrou. Seu grande controle nas paradas de mão e o ritmo variadodos giros nas barras paralelas, aparelho em que é campeãomundial, indicavam que ele teria tudo para manter o títulomundial individual. "(O ouro) não é surpresa", disse Yang ajornalistas. Com ajuda da torcida, Hambuechen garantiu a prata com umarotina ousada nas barras paralelas, conseguindo um ponto a maisque todos os adversários, para delírio da arquibancada. Para completar a sorte dele, o campeão europeu doindividual geral, Maxim Deviatovski, que ocupava a segundacolocação após o quarto aparelho, caiu das barras paralelas, semachucou e abandonou a competição.

SONIA OXLEY, REUTERS

07 de setembro de 2007 | 18h14

Tudo o que sabemos sobre:
GINÁSTICA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.