Brasileiros podem ter auxílio da PF na África

O governo brasileiro está preocupado com a segurança de cerca de 10 mil torcedores do País que irão à Copa. O Ministério da Justiça negocia com os sul-africanos a criação de um posto de atendimento da Polícia Federal em Johannesburgo. A intenção do Brasil é a de enviar um representante da PF, que permaneceria na África do Sul após o Mundial como adido na embaixada brasileira.

, O Estadao de S.Paulo

28 de novembro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.