Brics defendem manutenção da estabilidade das principais moedas

Brasil, Rússia, Índia e China, que compõem o Bric, defenderam nesta quinta-feira em um comunicado a importância de se manter a estabilidade das principais moedas de reserva e se comprometeram a resistir a todas as formas de protecionismo, em um momento em que a economia global busca se recuperar da mais grave crise econômica em décadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.