Brigadas de Castilla y León invadem restaurantes paulistas

São Paulo ficará parecida com a Espanha neste fim de semana. De hoje a domingo uma turma de cruzados invade quatro restaurantes da cidade na Jornada Gastronômica de Castilla y León. O evento, promovido pelo governo da província, tem por finalidade divulgar produtos e pratos da gastronomia local. O menu degustação será servido no almoço e no jantar e custará R$ 120 (sem harmonização com vinhos da região) ou R$ 160, com harmonização. O chef Jesús Ramiro, detentor de uma estrela Michelin, apresentará no Eñe (R. Dr. Mario Ferraz, 213, 3816-4333) entre outros pratos: creme de pão Valladolid e cordeiro de Palencia assado com caviar de pimentões de Bierzo. O chef Víctor Gutiérrez, no Porto Rubaiyat (R. Leopoldo Couto Magalhães júnio, 1142, 3077-1111), atacará com creme de cogumelos de Soria com vieras assados e pinhões de Pedrajas. Na Figueira Rubayat (R. Haddock Lobo, 1738, 3087-1399), os chefs Gabino Gonzáles e César Boal trazem, entre outros, arroz cremoso de carrilleras com enoki de pinhões e leitão de Segovia com salada. E Julio Reoyo traz ao Toro (R. Joaquim Antunes, 224, 3085-8485) a salada de queijos espanhóis com trufas de Sória e o cordeiro confitado à espanhola.

O Estado de S.Paulo

17 Julho 2008 | 03h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.