Britânica, de 56 anos, é condenada à morte por tráfico em Bali

Um tribunal da Indonésia condenou uma britânica, de 56 anos, à pena de morte nesta terça-feira por tráfico de cocaína, avaliada no valor de mais de 2,5 milhões de dólares e levada à ilha de Bali.

Reuters

22 de janeiro de 2013 | 07h27

Lindsay Sandiford foi considerada culpada pelo tráfico de 4,8 quilos da droga escondida no forro de sua mala em maio, na chegada de um voo de Bangcoc (Tailândia).

Enquanto ouvia o veredicto, Lindsay, acompanhada de um tradutor, cobriu várias vezes seu rosto com um lenço. Ainda não se sabe se a britânica vai recorrer. Inicialmente, os promotores haviam considerado pena de prisão devido a sua idade.

A Indonésia tem umas das leis mais rígidas contra tráfico de drogas do mundo, sendo que há muitos estrangeiros na cumprindo pena em Bali. (Redação Reuters)

Mais conteúdo sobre:
BALIMORTECOCAINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.