Britânica perde 25 kg e compete pelo país em Mundial de Triatlo

Melanie Ryding aprendeu a nadar no ano passado e competirá em setembro, na Austrália.

BBC Brasil, BBC

18 Agosto 2009 | 06h36

Uma professora que recentemente perdeu cerca de 25 kg e apenas no ano passado aprendeu a nadar foi selecionada para representar a Grã-Bretanha no Campeonato Mundial de Triatlo, a ser realizado na Austrália em setembro.

Melanie Ryding, de 37 anos, da cidade de Wellingborough, decidiu que estava na hora de emagrecer quando percebeu que não cabia mais nas suas calças tamanho 46.

Paralelamente ao regime, ela se inscreveu em um clube de triatlo, onde aprendeu a nadar.

"Sempre odiei educação física na escola e se, naquela época, me dissessem que eu hoje estaria treinando como triatleta, eu teria achado a ideia simplesmente ridícula", disse ela à BBC.

Ela, no entanto, nunca se distanciou do mundo dos esportes, tendo se tornado uma das primeiras mulheres a apitar partidas profissionais de rugby masculino.

Inspiração

Melanie contou que sua maior inspiração foi a também britânica Jane Tomlinson, que se tornou maratonista e triatleta mesmo sofrendo de câncer.

"Quando li que ela competiu em uma prova de Iron Man (a modalidade mais difícil do triatlo) enquanto fazia tratamento de quimioterapia, pensei: 'Meu Deus! Se ela é capaz de fazer isso, acho que eu também posso'", afirmou.

No Campeonato Mundial de Triatlo, a prova é disputada na sua modalidade olímpica, com 1.500 metros de natação, 40 km de bicicleta e 10 km de corrida.

Para se preparar para a competição na Austrália, Melanie treina 14 horas por dia, além de manter seu trabalho como professora.

"Toda a minha vida, eu escutava que não seria capaz de fazer várias coisas que depois eu fiz. E o fato de ter saído de uma vida comum para fazer parte da equipe da Grã-Bretanha para mim é motivo de muito orgulho", disse.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.