Britânico de 65 anos conquista o Everest

Escalada ao pico mais alto do mundo durou três semanas

Efe

21 de maio de 2009 | 04h06

Com 65 anos, Ranulph Fiennes se transformou no britânico mais velho a conquistar o Everest, e no primeiro homem em somar essa façanha às travessias do Polo Norte e da Antártida, informou nesta quinta-feira, 21, a BBC.   "Este é o lugar mais perto da lua que um homem pode chegar caminhando", disse o famoso aventureiro, que começou sua escalada do pico mais alto do mundo há três semanas.   Esta foi sua terceira tentativa de escalar o Everest. Em 2005, ele teve de desistir após sofrer um ataque cardíaco, e no ano passado o aventureiro se viu obrigado a voltar, extenuado, ao acampamento base. Fiennes, que perdeu a esposa, sua mãe e sua irmã para o câncer, destinará o dinheiro arrecadado com sua façanha a uma organização de combate essa doença.

Tudo o que sabemos sobre:
EverestRanulph Fiennes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.