Britânico faz música a partir de conversas que escuta em Londres

Um britânico está compondo uma música por dia com base nas conversas que ouve nos transportes públicos de Londres durante a Olimpíada, e colocando-as na Internet para o mundo todo ouvir.

PAUL CASCIATO, Reuters

02 de agosto de 2012 | 17h46

Nigel Parkes, que trabalha numa entidade beneficente, disse que seu bizarro projeto musical surgiu de uma conversa que ele teve num trem com alguns jovens que não sabiam quem é Bob Dylan, herói de Parkes.

Na manhã seguinte, ele escreveu alguns versos sobre essa conversa, e voltou a encontrar por acaso uma moça que estava no grupo de jovens. Ela gostou tanto dos versos que convenceu um amigo a acompanhá-los com uma melodia. Com a música gravada, ela entregou o resultado a Parkes, de 56 anos, junto com um convite para ir à agência de publicidade Mother.

A Mother pediu ao inglês que passasse a Olimpíada andando de metrô, ônibus e trens e entregasse diariamente até as 12h uma letra de música para ser gravada em estúdio. O resultado - como rap, reggae, dub-step e outros gêneros - pode ser ouvido no site www.listenwithnigel.com.

"A certa altura eu disse a eles: 'Cadê as câmeras? Vocês estão tirando sarro? Isso é uma piada?'", contou Parkes à Reuters por telefone, da estação de metrô Goldhawk Road.

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPLONDRESMUSICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.