Bruno se surpreendeu com depoimento, diz advogado

Um dos novos advogados do goleiro Bruno, Tiago Lenoir disse nesta quinta-feira que o goleiro ficou bastante surpreso com o depoimento de Luiz Henrique Romão, o Macarrão, em que ele culpa o atleta pela decisão de matar Eliza Samudio. De acordo com Lenoir, Bruno não esperava que seu antigo braço-direito fosse mudar radicalmente de versão, provocando uma reviravolta no caso.

ALINE RESKALLA, Agência Estado

22 de novembro de 2012 | 18h38

Quando questionado se o que Macarrão disse era verdade, o advogado não quis dizer se o goleiro desmentiu a versão dada no depoimento desta madrugada. "Você pode anotar aí que os novos advogados do Bruno vão apresentar a tese defensiva dele no dia 6 de março, durante o julgamento. Não podemos falar mais nada por enquanto", disse Lenoir.

O criminalista assumiu a defesa do jogador depois que ele destituiu Rui Pimenta na tentativa de ter seu julgamento desmembrado na última terça-feira (20), segundo dia do tribunal do júri, a exemplo do que ocorreu com o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, na segunda-feira (19).

Tiago Lenoir disse que ele, Lúcio Adolfo e Francisco Simim, que já estava no caso, visitaram o goleiro na manhã desta quinta-feira na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, para contar a ele sobre o depoimento de Macarrão. "Ele ficou chateado com a situação, mas está bem, confiante, em termos processuais, sempre com fé em Deus. No momento oportuno, vai expor sua versão dos fatos", disse o jurista.

Depois da visita, Lenoir disse que se concentrou na leitura dos autos do processo, que somam mais de 15 mil páginas. "Não podemos ficar falando demais porque não sabemos muita coisa ainda, acabamos de pegar o caso. Nosso trabalho agora vai ser esse, estudar toda essa documentação".

Tudo o que sabemos sobre:
caso brunojulgamentomacarrão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.