Bulgária adota plano para conter epidemia de gripe aviária

O governo búlgaro adotou um "plano nacional de prontidão para pandemia", para preparar-se para uma possível epidemia de gripe aviária em meio à população. O plano, com custo de R$ 3,7 milhões (US$ 2,2 milhões), reflete a crescente preocupação no país com a crise provocada pela gripe aviária na vizinha Turquia.Testes preliminares indicam que a cepa letal do vírus da gripe aviária, a H5N1, já infectou 15 pessoas em território turco, incluindo duas crianças, que morreram. O plano búlgaro inclui medidas para ampliar os controles sanitários sobre os mercados que vendem aves e a formação de estoques de remédios antivirais. O objetivo é garantir que, no caso de uma epidemia entre seres humanos, "a ação seja tomada a tempo para restringir o contágio e conter a taxa de mortes", de acordo com o Ministério da Saúde.

Agencia Estado,

12 de janeiro de 2006 | 17h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.