Bunge prevê moer entre 17 mi e 19 mi t de cana em 12/13

A Bunge prevê processar entre 17 milhões e 19 milhões de toneladas de cana no país na safra 2012/13, contra 14 milhões de toneladas na safra 2011/12, disse o presidente da unidade brasileira da companhia, Pedro Parente, nesta quarta-feira.

Reuters

22 de agosto de 2012 | 16h47

A empresa, que está entre as cinco maiores do setor sucroalcooleiro no Brasil, tem investido para aproveitar toda sua capacidade de moagem instalada no país, de 21 milhões de toneladas, em breve.

"O que esperamos é, nos próximos dois anos, que possamos aproveitar toda nossa capacidade industrial instalada", afirmou ele, em entrevista à Reuters.

Parente também vê a possibilidade de uma retomada da produção no país na próxima temporada, após o centro-sul ter visto na safra passada a primeira queda na moagem em mais de uma década, com problemas climáticos e por conta de investimentos insuficientes nos canaviais.

"Ano que vem, se não tivermos um choque climático, acho que podemos ter um ano bom em termos de produtividade", disse Parente, ressaltando que a produtividade da Bunge está acima da do setor.

Sobre o câmbio, ele disse que houve uma melhora nas condições para a empresa, mas lembrou que a relação entre real e a moeda norte-americana ainda está longe dos níveis favoráveis do passado.

(Reportagem de Roberto Samora e Reese Ewing; Texto de Gustavo Bonato)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIABUNGEENTREVISTAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.