Buscas pelos desaparecidos recomeçam em SC

Equipes procuram oficialmente por 31 pessoas, mas estima-se que haja mais

AE, Agência Estado

05 Dezembro 2008 | 08h34

Com bombeiros, equipes da Força Nacional de Segurança e cães farejadores vindos de vários Estados, recomeçou na tarde desta quinta, 4, a busca pelos desaparecidos da tragédia causada pelas enchentes em Santa Catarina. São pelo menos 31, oficialmente, mas militares ouvidos pela reportagem estimam que um número bem maior pode estar entre os destroços dos desmoronamentos na região do Morro do Baú, um complexo de montes que foram evacuados e lacrados pelo risco de novas vítimas.   Veja também: Saiba como ajudar as vítimas das chuvas  Resultados sobre leptospirose saem em 20 dias SC pede que Estados voltem a mandar doações Mais de 30 mil voltam para casa em SC Deslizamento adia liberação de BR que liga PR a SC Solo pode demorar 6 meses para estabilizar IML divulga lista de vítimas identificadas Repórteres relatam deslizamento em Ilhota  Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas      Há com certeza corpos soterrados em três cidades da região do Vale do Itajaí, mas desde o começo da semana o resgate estava suspenso pelo risco de novos desmoronamentos. A operação de resgate dos corpos é o último passo para que o trabalho da Força Aérea e das equipes que participam dos salvamentos seja concluída - ontem de manhã, cerca da metade do efetivo já estava sendo desmobilizado e muitas pessoas que trabalhavam no centro de operações de Navegantes há quase duas semanas finalmente puderam voltar para a casa. Aos poucos, bem aos poucos, os moradores tentam retomar as rotinas, da maneira que for possível. Alunos das escolas municipais de Itajaí já foram avisados que as aulas serão retomadas na segunda-feira. Desde o começo da semana, 33 mil pessoas puderam finalmente sair dos abrigos e retornar às casas.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Santa Catarina resgate

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.