Bush pede 'transição democrática' após saída de Fidel

Em Ruanda, presidente americano pediu a libertação de presos políticos em Cuba.

Da BBC Brasil, BBC

19 Fevereiro 2008 | 08h00

O presidente americano, George W. Bush, disse esperar que o anúncio da renúncia de Fidel Castro signifique o início de uma "transição democrática" em Cuba."Esse deve ser um período de transição, o começo de uma transição democrática para o povo de Cuba", afirmou Bush, durante entrevista coletiva na capital de Ruanda, Kigali.Bush afirmou ainda esperar que a saída de Castro do poder leve à libertação dos presos políticos mantidos pelo regime cubano. "São pessoas que foram colocadas na prisão porque ousaram falar o que pensam."O presidente americano também disse esperar que o país possa em breve ter "eleições livres e justas, não o tipo de eleição organizada pelos irmãos Castro".Ele afirmou ainda que "os Estados Unidos vão ajudar o povo de Cuba a conseguir sua liberdade".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
fidel castrocubarenúncia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.