Caem pedidos de ajuda nos EUA

O número de pedidos de auxílio-desemprego nos EUA diminuiu na última semana e atingiu o menor patamar em 17 meses, conforme informou ontem o governo americano. É o melhor resultado desde julho de 2008,o que surpreendeu positivamente o mercado. O resultado também ficou abaixo das expectativas dos analistas. A queda foi de 22 mil pedidos, para um total mensal de 432 mil solicitações na semana encerrada em 26 de dezembro. Foi o menor nível desde a semana encerrada em 19 de julho de 2008. Economistas consultados pelas agências internacionais previam 460 mil pedidos do benefício.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.