Café começa o ano em alta

De acordo com o Cepea, este mês grão teve valorização de 8,25%[br]no mercado interno e 6,8% no externo

Tomas Okuda, O Estado de S.Paulo

28 Janeiro 2009 | 02h40

As cotações do café iniciaram o ano em alta. O preço do grão subiu 8,25% em janeiro. O indicador de preço do café arábica à vista ficou em R$ 274,48 a saca (60 quilos) na sexta-feira passada, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Na Bolsa de Nova York, o contrato futuro com vencimento em março, o mais líquido, apresenta valorização de 6,8% no período.Uma série de fatores pode estar contribuindo para a reação dos preços. Em princípio, existe a perspectiva de que a oferta global este ano deve ser apertada em relação à demanda, já que a safra brasileira será inferior à do ano passado, em virtude da bienalidade da cultura.No mercado interno, os produtores vendem apenas o necessário, pois as atuais cotações seriam insuficientes para cobrir os custos de produção. O cafeicultor tem compensado a baixa rentabilidade com menos investimentos em tratos culturais, dizem analistas. Além disso, a oferta dos produtores tende a ocorrer aos poucos, para atravessar o período de entressafra, que vai até maio, em particular no Espírito Santo e em Rondônia, que colhem primeiro a safra de robusta. A desvalorização do real em relação ao dólar, no entanto, favorece as vendas de café brasileiro, que se torna mais competitivo no exterior.O governo sinaliza medidas de apoio à cafeicultura, como a prorrogação das dívidas do setor, o que ajuda a restringir ainda mais a oferta do produto. O Conselho Monetário Nacional deve se reunir amanhã e alguma decisão pode ser anunciada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.