Cai total de vítimas em 3 hospitais de SP após Lei Seca

Entre sexta-feira e domingo passados, foram atendidas 24 vítimas de acidente, ante 33 no anterior

Elvis Pereira, estadao.com.br

04 Julho 2008 | 15h13

Caiu o número de vítimas de acidentes de trânsito atendidas no último fim de semana em três hospitais da capital paulista. Considerados referência para casos de trauma por acidentes, os Hospitais das Clínicas (HC), Regional Sul e do Mandaqui apresentaram redução de até 27% em relação ao fim de semana anterior. A Secretaria da Saúde de São Paulo, autora do levantamento, acredita que a queda pode ser reflexo da Lei 11.705, que tornou mais rígidas as punições para quem consumir álcool e dirigir.   Veja também: Na França, quem bebe e dirige tem carro confiscado  Advogado comenta a norma de tolerância zero   Entenda os principais pontos da Lei Seca  "Os números indicam uma tendência de queda nos acidentes ocorridos em finais de semana, que costumam ser mais graves. As pessoas vêm sendo informadas sobre a nova legislação e devem ser desestimuladas, a partir de agora, a beber antes de dirigir, o que pode reduzir ainda mais as ocorrências e poupar vidas", afirmou, em nota, o secretário da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata. No HC, situado na região do centro da cidade, entre sexta-feira e domingo passados, foram atendidas 24 vítimas de acidente, ante 33 no fim de semana anterior. O Regional Sul, em Santo Amaro, recebeu 26 acidentados, dez a menos do que na semana anterior. O Hospital Estadual do Mandaqui, na zona norte, registrou 42 atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito entre os dias 27 e 29 de junho, contra 45 no fim de semana anterior.

Mais conteúdo sobre:
Lei Seca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.