Caixa de joias para servir comida

Kimi Nii faz louça personalizada para restaurantes

Cíntia Bertolino, O Estado de S.Paulo

04 Março 2010 | 02h56

A primeira vez que visitou o ateliê da ceramista japonesa Kimi Nii, o chef ? também japonês ? Shin Koike, do Aizomê, encantou-se com uma peça que não tinha nada a ver com cozinha.

"Ele viu uma caixinha de joias e quis. Perguntei o que faria com aquilo, e ele respondeu que ia usar em seu restaurante para colocar comida dentro", diverte-se a artista.

A partir desse encontro, Kimi e Shin começaram uma parceria. Ele diz o que quer, e ela executa as peças. "Shin é um exemplo de pessoa criativa, nos pratos e na forma como os apresenta", diz.

O chef reforça a interação que existe entre eles: "A cerâmica da Kimi Nii transmite o sentimento japonês com um toque contemporâneo. É exatamente o que faço com os meus pratos. Nossos estilos combinam bem", conta o chef.

Além do Aizomê, a ceramista faz peças sob medida para outros dois restaurantes de São Paulo, Jun Sakamoto e Dois Cozinha Contemporânea.

Kimi Nii ? R. Afonso Vaz, 583, 3726-4839

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.