Cambista vende ingresso por preço 150% maior no Rio

O entorno do sambódromo do Rio está cheio de cambistas vendendo ingressos para o desfile de hoje. Desde a saída do metrô da Praça Onze, que dá acesso aos setores pares da Sapucaí, eles gritam e anunciam a compra e a venda de entradas. Os valores chegam até a R$ 350 para lugares na arquibancada que custam R$ 140 (setores 10 e 11), um acréscimo de 150% no valor.

ROBERTA PENNAFORT, Estadão Conteúdo

15 Fevereiro 2015 | 21h40

Quem sai da zona sul para o Sambódromo de metrô passa por dificuldades. A estação terminal General Osório, em Ipanema, está tumultuada por conta do bloco Simpatia é Quase Amor, que começou a se dispersar por volta das 20 horas, mas até perto das 12h30 lotava as ruas do bairro. A entrada principal do metrô está fechada para embarque e a da Rua Sá Ferreira tem fila de mais de 500 metros, mesmo para quem já está com bilhete na mão.

A indicação dos funcionários do metrô é que os foliões andem por 15 minutos até a estação seguinte, Cantagalo, em Copacabana, mas a situação nela também é caótica: a aglomeração é enorme, o calor é intenso e os guardas ainda precisam conter ânimos exaltados pelo excesso de bebida alcoólica.

Mais conteúdo sobre:
carnavalSapucaíRioingresso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.