Camelôs protestam contra blitz e bloqueiam ruas no Brás

Blitz organizada pela Subprefeitura da Mooca em depósitos irregulares apreende seis caminhões de mercadorias

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

17 de agosto de 2007 | 12h03

Vários vendedores ambulantes do Brás, na região central de São Paulo, iniciaram manifestação por volta das 10 horas desta sexta-feira, 17, contra uma blitz organizada pela Subprefeitura da Mooca, em conjunto com a Polícia Militar e a Guarda Civil Metropolitana. Os camelôs tentaram fechar a Rua Rangel Pestana, colocando fogo em pneus. Segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a Rua Oriente foi interditada por volta das 10h30 por causa do protesto.   Cerca de 85 homens participaram da blitz, feita em depósitos usados para armazenar produtos irregulares. Sete depósitos já foram vistoriados e seis caminhões de mercadorias, apreendidos. Sessenta barracas de camelôs foram recolhidas pelos policiais.

Tudo o que sabemos sobre:
camelôs de SPprotesto de camelôs

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.