Câmeras acompanham evolução da TV

Máquinas digitais ganham mais capacidade de armazenamento para suportar o vídeo de alta definição (HDTV)

Bruno Sayeg Garattoni,

14 Janeiro 2008 | 00h00

Se você tem uma TV de alta definição, nada mais importante do que uma filmadora à altura dela, certo? Essa é a idéia dos fabricantes de câmeras, que lançaram modelos muito bacanas durante a feira CES. Veja só, por exemplo, a Sony SR12. Além de gravar em alta definição (1.080 linhas), ela tira fotos com uma resolução incrível – nada menos que 10,2 megapixels. Como as filmadoras sempre tiraram fotos ruins, isso é uma pequena revolução. Mas o detalhe mais incrível é a capacidade da filmadora. Ela tem um disco rígido com impressionantes 120 gigabytes – tudo para comportar os vídeos de alta definição, que são enormes (cada hora de gravação consome até 8 GB de espaço). A Casio EX-F1 também filma em alta definição, mas sua grande vocação é a fotografia – e com uma velocidade incrível. A câmera consegue tirar 60 fotos por segundo, ou seja, é perfeita para registrar cenas em movimento (como esportes ou crianças correndo, por exemplo). A Casio, que vai custar US$ 1.000, realmente faz jus ao nome "F1". Ela tem um modo de hipervelocidade que filma a até 300 quadros por segundo (fps), cinco vezes mais do que qualquer outra filmadora digital. E se você aceitar sacrificar a resolução da imagem, a velocidade da câmera sobe ainda mais: chega a inacreditáveis 1.200 fps. Os vídeos ficam impressionantes, com um sensacional efeito de câmera lenta (acesse tinyurl.com/2z2fp5 para ver uma demonstração). Outra câmera a se destacar na CES foi a Sanyo Xacti. Ela não é de alta definição, mas é bem bacana – a primeira totalmente a prova d’água, perfeita para filmar na praia ou na piscina (só não pode ser usada em mergulhos). TELEFONIA Tirando o Motorola E8, que realmente roubou a cena (veja na página ao lado), a CES teve uma novidade interessante em termos de celular: Samsung e LG mostraram tecnologias para que os norte-americanos possam ver televisão no celular – o padrão americano de TV digital não inclui, como o brasileiro, esse tipo de recurso. A Sony prometeu uma versão do programa de telefonia Skype para o videogame PlayStation Portable (PSP). Mas, segundo especulações, só funcionaria na nova versão do PSP, que foi lançada há poucos meses. Isso gerou certa revolta entre os donos de PSP – que também vai ganhar um sintonizador de TV digital. A CES não é uma feira de informática, mas a Intel estava lá mostrando uma evolução do processador Core. A Apple gostou, tanto que interrompeu a festa da CES para lançar nova versão do computador Mac Pro, já equipada com esse chip. Foi uma espécie de trailer da sua própria feira, a Macworld, que começa hoje nos EUA. Galeria de fotos da CES 2008 (1) Galeria de fotos da CES 2008 (2)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.