Campanha da ONU busca mobilização para Rio+20

A um mês da Rio+20, a Organização das Nações Unidas (ONU) lançou nesta segunda-feira uma campanha com o objetivo de mobilizar a população para a conferência global sobre desenvolvimento sustentável. Para facilitar o compartilhamento de fotos, vídeos e textos, foi criado o site "O Futuro que Queremos": www.ofuturoquenosqueremos.org.br.

FELIPE WERNCECK, Agência Estado

14 Maio 2012 | 18h50

"A discussão sobre desenvolvimento sustentável só será um sucesso se a opinião pública em cada país, a nível global, se envolver e fizer também uma certa pressão sobre os governos e as empresas", disse o diretor do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil e porta-voz adjunto da Rio+20, Giancarlo Summa.

A iniciativa, segundo a ONU, pretende "dar a todos a oportunidade de compartilhar opiniões, visões e soluções para a construção de um futuro mais sustentável". As contribuições serão exibidas na internet e em uma exposição durante a conferência. O site vai receber conteúdo até o fim do ano.

Para divulgar a campanha, foram criadas peças publicitárias com a participação de "anônimos e famosos", entre eles Gisele Bündchen, Ronaldo, Paulo Coelho, MV Bill, Vik Muniz e Oscar Niemeyer. O mote é: "Eu sou nós". Segundo a ONU, os participantes não cobraram cachê e o material será veiculado de forma voluntária. Também foi anunciada nesta segunda-feira a Agenda Total, uma plataforma fechada para facilitar a troca de informações entre participantes da conferência.

Mais conteúdo sobre:
meio ambiente Rio+20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.