Campeão de boxe some a caminho do treino

Campeão mundial juvenil de boxe em 2010 no Azerbaijão, medalha de ouro nas Olimpíadas da Juventude, que ocorreu no mesmo ano em Cingapura, e uma das promessas do boxe para as Olimpíadas de 2016, no Rio. O pugilista David Lourenço da Costa, de 20 anos, está desaparecido desde sexta-feira, dia 10.

BRUNO PAES MANSO, Agência Estado

16 de agosto de 2012 | 11h05

Segundo parentes e amigos, ele saiu de casa em Guarulhos, na Grande São Paulo, às 4 horas. Foi treinar em Santo Amaro, na zona sul da capital paulista, no Centro de Treinamento da Seleção Brasileira de Boxe. Ele dirigia seu Fiesta vermelho, placas DUM-1645. Desde então, não deu mais notícias. "Ele nunca fez nada parecido. Ele liga sempre para avisar onde está", diz o amigo Paulo Rossine, que treinou com David.

Na terça-feira, o pai do boxeador, Ailton Cardoso, registrou o sumiço do filho no 15º Batalhão da Polícia Militar. Na quarta-feira, foi ao 2° Distrito Policial de Guarulhos para fazer boletim de ocorrência. Até terça, a polícia não havia conseguido encontrar nenhuma pista sobre o paradeiro do atleta.

A família preferia não arriscar qualquer hipótese sobre o sumiço. A namorada de David, que mora na frente da casa do lutador, também ajudava nas buscas. A informação sobre o desaparecimento passou a circular com mais força na segunda-feira, quando o pai de David começou a pedir ajuda pela rede social Facebook. Na internet, ele pediu para que pessoas que tenham informações sobre David liguem para o número (11) 8072-8052. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Mais conteúdo sobre:
boxeadordesaparecimentoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.