Cantor Hudson é detido por porte ilegal de armas

O cantor Hudson Cadorini, de 40 anos, da dupla sertaneja Edson Hudson, foi detido na madrugada desta quarta-feira por porte ilegal de armas, informou o delegado José Henrique Ventura, da delegacia seccional de Limeira, interior de São Paulo. Ele pagou fiança e responderá ao processo em liberdade.

RICARDO CARVALHO, Agência Estado

20 de março de 2013 | 13h33

De acordo com o delegado, o cantor foi abordado pela Polícia Militar pouco antes das 3 horas da manhã, na cidade de Limeira. No veículo do músico, a PM encontrou uma pistola 380 e um revólver calibre 38. Apesar de Hudson ter registro das duas armas, ele não tem porte de armas.

À polícia, segundo Ventura, Hudson disse que levava as armas no carro porque iria, nesta quarta-feira, a um estande de tiro. Autuado em flagrante por porte ilegal de armas, o fiança foi estabelecida em R$ 6 mil, valor pago pelo advogado do cantor. O delegado afirma que Hudson pode responder em liberdade pelas armas serem de calibre permitido e por terem registro. Hudson foi liberado da delegacia por volta das 8 horas da manhã.

Tudo o que sabemos sobre:
PrisãoHudsonarmas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.