Capacidade instalada da indústria cai 2,6 pontos em abril--CNI

A Utilização da Capacidade Instalada (UCI) efetiva caiu 2,6 pontos em abril para 42,6 pontos na comparação com março de 2012, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta terça-feira.

REUTERS

22 Maio 2012 | 12h06

No informe Sondagem Industrial, a queda em relação a abril de 2011 foi de 2,5 pontos ficando, segundo a CNI, abaixo do usual para meses de abril. Em média, a indústria operou com 71 por cento da capacidade instalada, dois pontos abaixo do registrado no mesmo mês de 2011.

A queda na UCI aliou-se a uma queda na produção industrial de 9,3 pontos para 45,3 ponto em relação a março de 2012.

Os indicadores variam de zero a cem. Valores acima de 50 indicam expectativa positiva e abaixo, negativa.

O economista da CNI Marcelo Azevedo afirmou, em nota, que a recuperação da indústria deve ocorrer mais lenta do que se previa. "O recuo na produção aliado ao acúmulo de estoques indesejados sinaliza que a recuperação da indústria deve ocorrer em um patamar menor do que prevíamos. O setor terá, primeiro, de diminuir os estoques para elevar a produção", disse.

A Sondagem Industrial ouviu 1924 empresas entre 2 e 15 de maio.

A perspectiva sobre o número de empregados da indústria é negativa, caindo 2 pontos para 48,9 pontos em relação a abril de 2011. Os estoques cresceram 1,7 ponto para 53 pontos, de acordo com a pesquisa.

(Reportagem de Tiago Pariz)

Mais conteúdo sobre:
MACRO CNI SONDAGEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.