Capitão do Exército atropela agente de blitz e é preso

Um capitão do Exército foi preso na madrugada deste domingo após atropelar um agente da blitz da Lei Seca, na Ilha do Governador, no Rio. Edmar Tadeu de Souza Pereira se recusou a parar na blitz, realizada na estrada do Galeão, na zona norte. Ao ser abordado, ele acelerou o veículo e atropelou um policial militar, que passa bem.

ANTONIO PITA, Agência Estado

29 Abril 2012 | 11h39

De acordo com o governo do Rio, o capitão foi perseguido e preso por agentes da Operação Lei Seca e encaminhado para a 21ª DP, no bairro de Bonsucesso. O carro do militar também foi apreendido.

Segundo os agentes da blitz, Edmar Tadeu de Souza Pereira tinha a carteira de habilitação vencida, estava sem os documentos obrigatórios do carro e se recusou a fazer o teste do bafômetro. As infrações causaram a perda de 24 pontos na habilitação do capitão, além de multas que chegaram a R$ 1.373.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.