Captação dos fundos abertos de previdência quadruplica em setembro

A captação líquida dos fundos abertos de previdência complementar no Brasil fechou setembro em 3,9 bilhões de reais, mais de quatro vezes superior aos 935 milhões no mesmo período de 2013, informou nesta quarta-feira a entidade que representa o setor, Fenaprevi.

REUTERS

19 Novembro 2014 | 19h52

No terceiro trimestre, a captação líquida (diferença entre arrecadação e resgates) do sistema foi de 9,1 bilhões de reais, contra 1,3 bilhão de reais no mesmo intervalo de 2013, informou a instituição, que representa 71 seguradoras e entidades abertas previdência complementar no país.

Com o desempenho dos planos abertos de previdência aberta, a carteira de investimentos fechou setembro em 413,6 bilhões de reais, expansão de 15,3 por cento sobre setembro de 2013.

(Por Aluísio Alves; Edição de Luciana Bruno)

Mais conteúdo sobre:
FINANCASPREVIDENCIAFENAPREVI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.