Caranguejos e aranhas se recuperam após 1 ano

Caranguejos, insetos e aranhas que vivem em pântanos afetados pelo vazamento de petróleo da BP em abril de 2010 no Golfo do México foram bastante afetados pela exposição ao óleo, mas também apresentaram uma resiliência suficiente para se recuperarem um ano depois. O resultado foi divulgado anteontem na revista PLoS ONE por pesquisadores da Universidade de Houston.

O Estado de S.Paulo

09 Março 2012 | 03h03

Logo após o acidente, eles notaram que as populações desses animais tinham sido suprimidas mesmo nas áreas que pareciam menos afetadas. Um ano depois, eles seriam capazes de se recuperar se as plantas no local tivessem permanecido saudáveis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.