Divulgação
Divulgação

Cardeal arcebispo do Rio é assaltado

Bandidos levaram até a batina de seminarista que acompanhava d. Orani Tempesta

SERGIO TORRES, O Estado de S. Paulo

16 Setembro 2014 | 07h49

O cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, d. Orani Tempesta, foi assaltado no bairro de Santa Teresa (zona sul) na noite de ontem. De acordo com o registro na Polícia Civil, ele seguia para a sede da arquidiocese (Glória, zona sul) quando o carro em que estava foi interceptado por outro veículo, de onde saltaram três homens armados.

D. Orani estava acompanhado do motorista, de um fotógrafo e de um seminarista. Todos foram roubados. O arcebispo, embora não esboçasse reação, chegou a ter uma pistola apontada para a cabeça. Ele entregou aos assaltantes o anel cardinalício e o colar com o crucifixo peitoral.

Os ladrões levaram celulares, carteiras, relógios, uma câmara fotográfica, o paletó do motorista e até o batina do seminarista. A 10ª Delegacia de Polícia (DP) informou que o objetivo do bando era roubar o carro, mas um dos integrantes teria desistido após reconhecer o religioso.

De acordo com a delegacia, policiais militares que patrulham a região do Sumaré (região erma vizinha a Santa Teresa), onde fica a residência oficial da arquidiocese, chegaram a perseguir a quadrilha, que teria abandonado alguns dos objetos roubados pelo caminho, entre eles o anel e a cruz de d. Orani. Ninguém foi preso.

Mais conteúdo sobre:
cardeal arcebispoassaltoRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.