Cardozo condena violência em manifestações em SP

'Não é assim que se vai conseguir qualquer reivindicação', diz o ministro da Justiça

RICARDO DELLA COLETTA, Agência Estado

12 Junho 2013 | 14h38

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, condenou os protestos em São Paulo pela redução do preço da passagem do transporte público. Manifestantes depredaram ônibus e o mobiliário urbano. "Infelizmente temos visto isso acontecer em São Paulo. Acho absurdo e não é assim que se vai conseguir qualquer reivindicação", disse o ministro a jornalistas, após encontro com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), nesta quarta-feira, 12.

Cardozo afirmou que é legítimo que as pessoas expressem suas opiniões, mas ponderou que isso não pode ser feito com atos de violência e vandalismo. "Não é com vandalismo que vamos conseguir chegar a resultados positivos dentro daquilo que nós queremos."

Mais conteúdo sobre:
tarifasprotestoCardozo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.