Reprodução
Reprodução

Carioca do NYT diz que sofreu 'tortura psicológica'

Liv Oliveira, de 23 anos, estampou a capa da edição de terça-feira, 18, do jornal norte-americano 'New York Times'

Roberta Pennafort e Liv Oliveira, Agência Estado

19 de junho de 2013 | 23h41

Liv Oliveira, de 23 anos, estampou a capa da edição de quarta-feira, 19, do jornal norte-americano "New York Times", em foto na qual ela aparece sozinha, alvo de um policial que espirra gás pimenta em sua direção. A imagem foi registrada na última segunda-feira, nas imediações da Praça 15, no centro do Rio, após protestos que terminaram em vandalismo em frente à Assembleia Legislativa.

Liv, que diz ser artista plástica e poeta, divulgou ontem um texto pela internet em que comenta o que houve. "A polícia me agrediu como agride a todos os manifestantes (...). Hoje fui ao IML fazer um exame de corpo delito. Na delegacia, uma espécie de tortura psicológica foi o que me aconteceu. Pra sair de lá assinei papéis que não sei exato o que foram, e agora espero para ver no que vai dar".

Ela participava da manifestação com amigos e se perdeu deles. Quando caminhava em direção ao mergulhão da praça 15 para tomar um táxi, foi abordada por PMs que ordenaram que ela saísse dali. Mas não se manifestou, e acabou atacada com gás pimenta. Foi presa, acusada por formação de quadrilha, e teve de pagar fiança de R$ 3.000 para ser libertada.

Tudo o que sabemos sobre:
ProtestocariocaNew York Times

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.