Divulgação
Divulgação

Carisma no DNA

Tal filho, tal pai: Fábio Jr. e Fiuk estrelam um quase reality show

PATRÍCIA VILLALBA,

23 de dezembro de 2010 | 10h00

Programa especial da Globo que vai reunir Fábio Jr e seu filho Fiuk, ambos cantores e atores, Tal Filho, Tal Pai não é exatamente uma obra biográfica. Ao mesmo tempo, não é totalmente ficção. Escrito por Ingrid Zavarezzi, o episódio conta a história de um pai e um filho que são muito unidos e têm a música em comum, mas que terão trajetória bastante diferente daquela que Fábio Jr. e Fiuk tiveram na vida real.

 

"Eu queria que ele tivesse me ajudado mais, na época. Ele, por exemplo, não fez um DVD pra me lançar", disse Fiuk na coletiva à imprensa, no Rio, referindo-se ao fato de que o Fiuk da ficção é lançado na carreira de cantor pelo pai, coisa que o Fábio Jr. da vida real não fez. "Eu incentivei pegando mais na veia. O sucesso dele hoje não tem dedo nenhum meu, não", completa Fábio Jr., admitindo que mais deu bronca do que passou mão na cabeça, e demonstrando muito orgulho do filho.

 

Com direção de Mário Márcio Bandarra, o programa vai ao ar na quinta-feira, às 23h. É um dos especiais que já se candidataram a uma vaga na grade da emissora em 2011, em formato de minissérie. "Se rolar, venho fazer amarradão", disse Fábio Jr., que não atuava desde 1998, quando fez Corpo Dourado.

A história é cercada do glamour que envolve pai e filho muito famosos, mas segundo a autora, a essência do programa é a relação pessoal dos dois. "Falamos da família, independentemente da classe social ou de ser famoso ou não", explicou.

 

Mas como ninguém seria bobo de deixar passar em branco o fato de que os dois personagens são cantores, os números musicais devem ser o ponto alto do programa. No final, eles cantam o sucesso 20 e Poucos Anos.

 

Veja também:

link Unidas pelo marido

link'Família é família'

blog A gente bloga, twitta e você comenta

blog Cristina Padiglione

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Fábio Jr.Fiukreality show

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.