Carlyle mais perto de comprar a CVC

O fundo de private equity americano Carlyle está perto de anunciar a compra de 60% da CVC, maior operadora de turismo brasileira. Segundo uma fonte a par da situação, o negócio envolve uma cifra de aproximadamente US$ 250 milhões. A CVC, com sede em São Paulo, é controlada pelo empresário Guilherme Paulus, e o Carlyle está em negociação exclusiva com a empresa. Um porta-voz do Carlyle em Washington recusou-se a comentar o assunto. Representantes da CVC Turismo não foram localizados para falar sobre o tema.

REUTERS, O Estadao de S.Paulo

16 Dezembro 2009 | 00h00

No último dia 2, em visita ao Brasil, David Rubinstein, co-fundador do Carlyle, disse que o grupo estava para selar dois ou três negócios no Brasil, que poderiam ser de algumas "centenas de milhões de dólares". Na ocasião, porém, ele se recusou a dar mais detalhes sobre possíveis alvos do Carlyle.

As negociações entre CVC e Carlyle começaram há pelo menos dois anos, e tiveram várias idas e vindas. Em maio deste ano, Guilherme Paulus chegou a dizer que as conversas haviam se encerrado, porque a proposta do fundo teria sido pouco atraente. Disse também que não abriria mão do controle da empresa. A companhia vinha trabalhando também com a opção de abrir o capital na Bolsa de Valores para conseguir sua capitalização.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.