Carnaval 2011: Portela encarna coração navegador

Após o incêndio que atingiu parte da Cidade do Samba, no Rio de Janeiro, no início de fevereiro, que fez a Portela perder 2,8 mil fantasias destinadas à comunidade da agremiação, "o sentimento da escola para entrar na avenida é de superação", diz o diretor geral de Harmonia, Alex Fab.

MARCELO GALLI, Agência Estado

24 de fevereiro de 2011 | 11h03

Ele conta que tudo o que havia sido planejado provavelmente poderá sofrer alguma alteração até o dia da apresentação. "Não sabemos exatamente como vamos entrar para desfilar porque depende de quanto avançaremos para diminuir os prejuízos", explica, acrescentando que o efetivo profissional no barracão foi dobrado para recuperar as fantasias.

O enredo da Portela para este ano é "Rio, Azul da Cor do Mar", uma homenagem aos 110 anos do Porto do Rio de Janeiro que mistura navegação e mitologia. "Do coração navegador, que na travessia enfrentou todo o medo que havia, era a mitologia do mar. A lenda deu lugar para a certeza que pra viver é preciso navegar", conta a primeira estrofe do samba. A Portela será a terceira escola a entrar na Marquês de Sapucaí no domingo à noite, dia 6 de março.

De acordo com Alex Fab, após apresentação de várias propostas, o tema do samba-enredo foi escolhido porque tem "a cara da escola, pela cor, claro, e pelo bom momento e de esperança pelo qual o Rio atravessa, o que inclui a revitalização do porto". Ele também cita os Jogos Olímpicos que acontecerão no Rio em 2016 e a Copa do Mundo de 2014.

No total, serão 3,5 mil componentes, 31 alas e oito carros alegóricos. Só na bateria são 300 componentes que vão ditar o ritmo da escola na Sapucaí. A rainha da bateria é a atriz Sheron Menezes, e o carnavalesco, Roberto Szaniecki.

Segundo a assessoria de imprensa da escola, algumas das personalidades que vão desfilar pela Portela são Monarco, Zeca Pagodinho, Paulinho da Viola, Marisa Monte, Luis Ayrão e Diogo Nogueira. A última vez em que a escola foi campeã do Grupo Especial do carnaval carioca foi em 1984. Até hoje, a escola coleciona 21 conquistas e é a maior vencedora do principal carnaval do País.

Confira o samba-enredo da Portela:

Rio, Azul da cor do Mar

Brilhou no céu

A luz da Águia, a estrela-guia

Do coração navegador

Que na travessia enfrentou

Todo o medo que havia

Era a mitologia do mar

A lenda deu lugar para a certeza

Que pra viver é preciso navegar

As galés do Oriente?já vêm!

Da Fenícia e do Egito? também!

Gregos e romanos partem para conquistar

e o Farol de Alexandria fez a noite clarear

Os mistérios vão desvendar

Um novo caminho encontrar

Lá na Índia, especiarias

Leva-e-traz mercadorias

A ambição do europeu se encantou

Com o Novo Mundo de riqueza natural, sem igual

Os navios negreiros

Deixam seus lamentos pelo ar

Nas águas de Yemanjá

Nem pirata aventureiro, nem o rei podem mandar

Oi leva mar, oi leva

Leva a jangada numa nova direção

O Porto centenário abriu seus braços

Na terra de São Sebastião

Portela vai buscar no horizonte

A eterna fonte de inspiração

Um oceano de amor que virou arte

E deságua na imaginação

Lindo como o mar azul

Meu grande amor, minha Portela

A força do seu pavilhão vai me levar

A navegar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.