Carnaval do RJ tem 40,3% a mais de homicídios

Houve acréscimo também no registro de roubos: 1.303 este ano, contra 1.238, em 2007

TALITA FIGUEIREDO, ESPECIAL PARA A AE, Agencia Estado

07 de fevereiro de 2008 | 21h58

O número de homicídios registrados no Rio durante o carnaval este ano aumentou 40,3% em relação a 2007, passando de 57 casos para 80. Os dados das ocorrências criminais no Estado foram divulgados hoje à noite pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), órgão ligado à Secretaria de Segurança Pública. Segundo a nota divulgada pelo ISP, "apesar do aumento de 23 vítimas de homicídio doloso em comparação com 2007, o total de vítimas de 2008 está 15,3% abaixo da média dos anos anteriores."Houve acréscimo também no registro de roubos - 1.303 este ano, contra 1.238, em 2007 -, e de homicídios culposos no trânsito - em 2008 foram 29 mortes e em 2007, 27. O estudo, por outro lado, apontou uma queda no número registros de lesões corporais dolosas (908 este ano, contra 1.121 no ano passado), furtos (2.071 este ano, contra 2.125) e de lesões corporais culposas no trânsito (479 em 2008, contra 635 em 2007). O instituto divulgou ainda, pela primeira vez, o relatório elaborado a partir de dados do Centro de Comando e Controle da PMRJ, via serviço 190. Segundo os dados, das 96.011 ligações recebidas, 32,7% foram trotes (31.380) e 18,3% (17.582), pessoas realizando testes com o serviço. Os números divulgados são referentes ao período das 18h de sexta-feira às 8h de quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.