Carro-bomba explode na Somália e Al Shabaab assume autoria

A explosão de um carro-bomba no coração da capital da Somália, Mogadíscio, feriu nesta quarta-feira duas pessoas, um ataque que o grupo rebelde Al Shabaab disse ter sido conduzido por seus militantes.

ABDI SHEIKH E FEISAL OMAR, REUTERS

21 Março 2012 | 11h19

A explosão, que provocou tiroteio em Mogadíscio, foi a mais recente de uma onda de ataques a bomba no país, cujo governo apoiado pela Organização das Nações Unidas luta para proteger a cidade dos rebeldes islâmicos ligados à Al Qaeda.

"Estávamos por trás da explosão do carro. Estávamos mirando as forças de segurança", disse à Reuters o xeique Abdiasis Abu Musab, um porta-voz para as operações militares da Al Shabaab.

O incidente ocorreu no movimentado distrito administrativo de Mogadíscio. A polícia disse que quatro suspeitos foram detidos e que estava investigando outro veículo suspeito na cidade.

Mais conteúdo sobre:
SOMALIAATAQUEBOMBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.