Cartas

MENSALÃO DO DEM

, O Estadao de S.Paulo

30 de novembro de 2009 | 00h00

Agora foi o DEM, logo virão outros. Afinal, a prática do mensalão, iniciada pelo PSDB em Mi-

nas Gerais e bem desenvolvida pelo PT, foi inteiramente apoiada pelo presidente Lula, que, passeando na França, declarou ser prática usual e não haver nada de mal em seus companheiros a ela aderirem. Claro que se esqueceu dos mais de 20 anos de promessas em contrário. E tiveram sucesso todos os envolvidos. Alguns até foram reeleitos! Outros retornam agora nas eleições do partido mandão. O governo distrital de Brasília simplesmente aderiu. Pena ter sido descoberto. Em todo caso, se alguém tiver de ser condenado, ao menos que não seja do PT, pois o presidente está lá para apoiá-los, baseado no seu enorme e incrível prestígio.

Plínio Zabeu

pzabeu@uol.com.br

Americana

Lula sempre diz que o mensalão "dele" (do PT) é invenção da oposição e da imprensa.... Agora o DEM (da oposição) já tem também o "seu" mensalão. E aí, presidente Lula, como fica?

Sergio Freire

São Paulo

CORRUPÇÃO

Puseram o cabrito na horta e deu no que deu: José Roberto Arruda está envolvido em novo escândalo de corrupção. Por que será que a Polícia Federal, em ação conjunta com a Secretaria da Receita Federal, não investiga o Imposto de Renda para checar se os bens dos políticos são compatíveis com a sua renda? Existe prefeito que ganha R$ 6 mil e tem fazenda, mansão... E mais o que está em nome de parentes.

Gilberto Ruas

gilruas@uol.com.br

Santos

Quem teria condições de listar os escândalos dos políticos de Brasília, só nesta década?

Luiz Carlos Tiessi

tiessilc@hotmail.com

Jacarezinho (PR)

Se o projeto ficha limpa fosse aprovado, teríamos algum político candidato na próxima eleição?

Milton Bulach

mbulach@gmail.com

Campinas

CRIADOR E CRIATURA

No artigo O PT à esquerda (28/11, A2), Marco Aurélio Nogueira deixa claro que o partido quer retomar não só o discurso perdido, mas também estar no comando a fundar um País nos moldes traçados pela nova cartilha. Difícil vai ser enquadrar Lula nos novos mandamentos mais "puristas", se é que se pode dizer assim, pois ele não segue nenhuma regra que não saia de sua própria cabeça.

O grito petista de que "o PT é maior do que tudo" mudou para a constatação de que "Lula é maior que o PT". E para o PT crescer e atuar como quer vai ter de carregar Lula em seu bojo, sim, pois não há como desvincular a figura de Lula da do PT... Se Lula hoje segue carreira-solo, o mesmo não vale para o PT, pois o criador foi engolido por sua criatura. Não estranho a necessidade do partido de se reestruturar e tentar voar mais alto. E respeito o PT pela eficiência com que preparou, por anos, uma militância aguerrida e truculenta, sempre fiel e ao seu dispor, exemplo que nenhum outro partido conseguiu reproduzir. E quando Marco Aurélio Nogueira ressalta que "o PT está a produzir armas de combate, agitação e identificação para 2010", entendo cada uma dessas palavras ao pé da letra. É bom estarmos alertas.

Mara Montezuma Assaf

montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

IDOLATRIA

Primeiro o filme, agora o livro sobre sua infância... Qual será o tema da próxima publicação? Sugiro, entre outros, Os Dez Mandamentos Segundo Lula ou, quem sabe, Lula no País das Maravilhas. E a quem cabe o papel de Forrest Gump? A nós, pobres brasileiros.

José Erasmo Negrão Peixoto

jenp@bitweb.com.br

Tatuí

É, primeiro o filme, agora o livro... Quando é que Lula vai ser canonizado?

James F. Sunderland Cook

sunderland2008@gmail.com

São Paulo

BOLSA-REFUGIADO

Cesare Battisti receberá bolsa-refugiado político de US$ 10 mil, enquanto Lula e Dilma assassinam a nossa aposentadoria!

Luiz Sergio Zanellato

lszanellato@gmail.com

São Paulo

HERANÇA

Quem consegue imaginar o tamanho do buraco que esse governo vai deixar?

Laert Pinto Barbosa

laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

Eleições 2010

O único tiro certeiro capaz de pôr fim à pleiteada dinastia petista seria, sem dúvida, a chapa José Serra-Aécio Neves, ou vice-versa. Essa vitória esmagadora não daria espaço para um novo plano desenvolvimentista, nos moldes da era JK? Será que até agora a oposição não pensou nisso? Caso contrário, será duvidosa a alternância no poder.

João Rochael

jrochael@ibest.com.br

São Paulo

Aécio é, na política nacional, o aglutinador que mais desagrega.

A. Fernandes

standyball@hotmail.com

São Paulo

IPTU ABUSADO

Perguntinha inconveniente: se a Secretaria da Receita Federal não permite, há anos, atualizar

os valores imobiliários das propriedades residenciais dos seus declarantes de Imposto de Renda, como é que simplesmente um prefeito pode determinar essa atualização e ampliar a cobrança do IPTU na cidade de São Paulo?

Pieter W. Prange

pieterwp@terra.com.br

Cotia

''De novo metido em maracutaia, governador Arruda?"

Marcos Oliveira

mate3266@gmail.com

São Paulo

Sr. Kassab, para seu azar, nós, paulistanos, não precisamos pagar de uma só vez esse castigo que nos deu de presente de Natal, o novo IPTU. E, assim sendo, podemos destilar nosso ódio por essa sua atitude por longos dez meses. E, quando a penúltima ou a última parcela chegar, teremos o grande prazer de jogar na urna nosso voto contra seu mestre político José Serra, que já deve estar arrependido de tê-lo apoiado.

Valdir Sayeg

valdirsayeg@uol.com.br

São Paulo

Com o brutal aumento do IPTU proposto pelo prefeito Taxab, sem dó nem piedade, para variar vai sobrar para a classe média uma vez mais. Justamente onde os tucanos têm mais votos! Serra tem de se livrar logo do Taxab.

Maria de Mello

nina.7mello@uol.com.br

São Paulo

Estou guardando carinhosamente a lista dos vereadores que aprovaram o aumento do IPTU!

Roberto Flugge

robflugge@ig.com.br

São Paulo

RECADO AO GOVERNADOR

Caro governador José Serra, como eu e meus familiares confiávamos em sua capacidade de governo e o escolhemos nas últimas eleições, queremos cobrar o seguinte: na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, o trecho em duplicação entre Bauru e Garça está sem terminar e oferecendo riscos à vida de quem nele transita, principalmente à noite

e com chuva para "ajudar". Na noite chuvosa de 27/11, trafegando rumo a Garça, por muito pouco uma carreta não passou por cima do carro em que eu e meus familiares viajávamos, já que nossa velocidade, cuidadosa, era em torno de 60 km/h "graças" às condições horríveis de visibilidade na pista, tanto nos trechos de sentido duplo como simples, uma vez que falta sinalização central com refletores (olhos de gato) e pintura nas faixas centrais e laterais. Assim como o seu atual governo está rápido na instalação de mais pedágios em rodovias como a Marechal Rondon, espero que também tome medidas para o término do trecho reclamado, antes que haja acidentes com mortes - mortes que, ocorrendo, serão debitadas em sua conta.

Laércio Zanini

arsene@uol.com.br

Garça

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.