Cartas - 02/06/2011

 

02 Junho 2011 | 03h15

AEROPORTOS

Notícia auspiciosa

A Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República anunciou a concessão dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília. Notícia auspiciosa. Nosso país está mais do que atrasado para fazer uma megaprivatização via concessões públicas de infraestrutura. EUA e Japão fizeram isso há décadas e o resultado foi a construção de hidrovias (EUA), estradas portos e aeroportos de Primeiro Mundo. No Japão o trem-bala existe desde 1965. Aliás, comparar os trens japoneses com os brasileiros, sem exagero, é como comparar uma Ferrari 2011 com um Fusquinha 1961. Estamos 50 anos atrasados! Só falta agora a privatização do saneamento básico - o IBGE, no último censo, constatou 59% apenas de atendimento, sem falar nas paralisações de abastecimento de água, em especial na periferia das cidades. Um inferno de Terceiro Mundo.

LINCOLN SCORSONI

lincoln_scorsoni@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Privatização

Sobre a matéria Dilma privatizará aeroportos e quer abrir capital da Infraero (1.º/6, A1), essa situação, vinda do governo federal, é muito positiva, pois reconhece a importância da iniciativa privada na solução do problema de congestionamento da infraestrutura aeroportuária. É importante o conhecimento prévio de como serão feitas a formatação do processo de concessão e as respectivas definições de responsabilidades. Sob o ponto de vista da iniciativa privada, o ideal é que o aeroporto fique subordinado a um determinado concessionário, único, sem a interferência direta da Infraero, mas dentro de um processo regulatório, conduzido pela Anac, como está sendo proposto.

MARIO LUIZ FERREIRA DE MELLO SANTOS, sócio do Instituto de Engenharia

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Avanço

Finalmente o PT começa a abrir os olhos. Só o fato de cogitar de privatizar três aeroportos já é um avanço. Estatização é um retrocesso. O Estado é mau patrão, não sabe administrar nada e usa as empresas como cabide de empregos para apaniguados, amigos e parentes de políticos - e nós sempre pagamos as contas. Estamos mesmo esperando essas privatizações, e que sejam as primeiras de muitas outras, como estradas, portos, ferrovias, prospecção de minérios, energia... Se dona Dilma Rousseff prosseguir nesse caminho, ficará na História - a exemplo de FHC - como alguém que fez algo pelo Brasil, e não apenas pelo PT e pela "cumpadrada".

CARLOS E. BARROS RODRIGUES

carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dois galos no terreiro

Por um momento pensei que fosse coisa do PSDB. Com esse nome de Sociedade de Propósito Específico, o que se faz agora com os aeroportos é privatização. E capenga! Não sou contra privatizações, mas fui levado a crer que o partido do governo teria uma posição muito clara a esse respeito. A emenda pode sair pior que o soneto. Será que dá certo colocar dois galos no mesmo terreiro? Será mesmo boa ideia entregar o que já está pronto - o que vai acabar acontecendo cedo ou tarde? Como a Infraero vai sustentar os pequenos aeroportos deficitários sem a receita de Guarulhos e Viracopos? Já que não querem assumir uma privatização sem disfarces nem rodeios, que tal tornar viável a proposta privada para Caieiras, por exemplo, ou outro local, ou mesmo privatizar outro aeroporto e deixar que invistam, administrem e explorem e que a competição resolva boa parte dos problemas? Todos sabem que o Banco do Brasil, estatal, compete muito bem com os bancos privados. Por que não fazer o mesmo? Seria fácil e óbvio demais.

ANTONIO C. DA MATTA RIBEIRO

antoniodamatta@ig.com.br

Guarulhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Incompetência

Vai entender o PT... Sempre criticou as privatizações e agora as está prevendo, inicialmente para os aeroportos, mas com certeza elas serão estendidas a muitas outras áreas. Situação que FHC já enxergou 20 anos atrás! Turminha incompetente essa do PT.

LAERT PINTO BARBOSA

laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Atitude midiática

Quando o assunto é infraestrutura aeroportuária, a única atitude que o atual governo adota é de cunho exclusivamente midiático, haja vista notícia sobre privatização dos aeroportos de São Paulo e Brasília. Na prática, demandas palpáveis e consistentes estão longe de ser atendidas. Assim, somos obrigados a concluir que se trata de pura falta de capacidade técnica, de planejamento e logística dos homens públicos envolvidos, sem nenhuma expertise não só em estratégias, como em análise e decisão jurídica para o feito. Enquanto isso, somos tratados como carga nos aeroportos.

FRANCISCO JOSÉ SIDOTI

fransidoti@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CASO PALOCCI

Convocação para depor

Está faltando alguém da base aliada que diga: "Rápido! Sai daí logo, Palocci, para não prejudicar ainda mais o governo Dilma".

ELIANA FRANÇA LEME

efleme@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMPEACHMENT

Dilma e Collor

A reintrodução no painel do Senado, por ordem de Sarney, do episódio do impeachment de Collor não foi por acaso. Ele quer lembrar a Dilma que quem deseja governar sem aliança com o Congresso corre risco. Dilma que se cuide. Mas aliança no Brasil quer dizer barganha (no pior sentido do termo), e não troca de planos propositivos. O preço que o PMDB cobra, que é de sua entranha, é alto. A volta de Lula, se continuar a ocorrer, acabará com o seu governo. Esse parlamentarismo de fato, se se concretizar, vai empanar o brilho de sua atuação. Esperançosa no começo, sua gestão caminha para se tornar pífia.

JULIO BRANDÃO

juloio@brandaoramos.adv.br

Marília

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LULA NA FIFA

Prêmio de consolação

Para quem tem como sonho de consumo ser secretário-geral da ONU, tornar-se presidente da Fifa seria um bom prêmio de consolação. Bom demais para ser verdade, para o Brasil, pois levaria Lula para cantar em outras freguesias. Mas péssimo para o futebol mundial, pois aceleraria sua velocidade de descida ladeira abaixo.

RONALDO GOMES FERRAZ

ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Pressionado pelo tempo, o governo da dona Dilma improvisa, dando início ao vale-tudo da Copa 2014. Salve-se quem puder"

SERGIO S. DE OLIVEIRA / MONTE SANTO DE MINAS (MG), SOBRE OS AEROPORTOS SEMIPRIVATIZADOS

ssoliveira@netsite.com.br

"Será que privatização deixou de ser palavra maldita para ser solução?"

FRANCISCO SOARES / CAMPINAS, IDEM

f.e.soares@terra.com.br

"Releitura: Dilma privatizará aeroportos; assim sendo, ‘fora, Dilma!’"

A. FERNANDES / SÃO PAULO, IDEM

standyball@hotmail.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.585

TEMA DO DIA

Ibama libera licença de Belo Monte

Segundo instituto, haverá ‘ganhos socioambientais’ à região como ações em saúde e saneamento

"Belo Monte alagará menos que a Usina de Tucuruí e gerará mais energia. A obra é correta, desde que o licenciamento ambiental seja efetivamente cumprido."

JULIO LOPES

"Absurdo! Economizar recursos é a resposta."

OLAVO SALOMPAS

"Essa obra é inviável, como o maldito trem-bala e tantas outras que servem apenas como ralos do dinheiro público."

RENATO CARVALHO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DECISÃO OPORTUNA

 

A presidente Dilma, sob apelo de bom senso, resolve privatizar os aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília, evitando assim o caos vexatório que poderia ocorrer durante a Copa de 2014. É ponto pacífico que sem essa oportuna medida os transtornos de toda ordem não seriam evitados. Uma decisão criteriosa, necessária e bem-vinda de Dilma, embora tomada um pouco tarde.

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CARTÃO DE VISITA

 

 

 

Ciente do grande problema do Brasil com relação à infraestrutura aeroportuária, li com muito interesse a matéria publicada no Estadão sobre a privatização dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília. E concordo que melhoraria, e muito, os serviços dos aeroportos. Afinal, quem nunca teve seu voo atrasado ou até mesmo cancelado?

Quando viajamos para países desenvolvidos nos deslumbramos com aeroportos maravilhosos, belas obras de arquitetura com grandes facilidades de embarque e desembarque e ainda com inúmeras lojas duty free (Guarulhos tem apenas uma). Não devemos ainda nos esquecer de que o aeroporto é a primeira impressão que um turista tem do país aonde chega.

Se hoje em dia, sem grandes eventos no País, já temos terríveis problemas nos aeroportos, imagine quando o mundo inteiro estiver voltado para nós em 2014, para a Copa do Mundo. Portanto, uma boa alternativa é, sim, privatizar. Quem não se lembra de como era antigamente, por exemplo, para se obter uma linha telefônica? Depois da privatização melhorou muito. Antes para se ter uma linha demorava até três anos, hoje basta ligar, pedir o serviço e o técnico chega no dia seguinte para a instalação.

Então, que venha a privatização dos aeroportos!

 

 

 

 

 

Victor Leme Ferreira victorlemeferreira@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PRUDÊNCIA

Acho que o governo finalmente percebeu que não daria conta de lidar sozinho com o problema dos aeroportos, que têm um movimento de 43,7 milhões de pessoas por ano e em 2014, por causa da Copa do Mundo, esse número se elevará significativamente. E uma obra pública, apesar dos benefícios, não consegue hoje ser tão eficiente como uma privada, devido à burocracia e às leis envolvidas. Às vésperas de um evento desse porte acho prudente que as empresas privadas assumam tal encargo, pois é a imagem do País que está em jogo.

 

Pedro Sendacz pedrosen@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Improviso

 

 

Encalacrada por uma herança negativa (aquela que transfere ao herdeiro mais obrigações que direitos), porque jamais a Copa do Mundo poderia ser atraída para um país desprovido dos meios de realizá-la, a presidente Dilma privatiza os aeroportos e outras obras. Não há mais tempo para realizá-las com engenho e esmero, de maneira que as empresas privadas improvisarão puxados e coisas do gênero e, além disso, agregão custos emergenciais. Se assim não fosse, escancararíamos ao mundo nossa irresponsabilidade e nossa inépcia.

 

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AGORA PODE?

 

Ué, agora pode privatizar? Acontece que a Copa do Mundo é mais importante do que tirar o povo da enrascada que os governos Sarney e Collor nos deixaram. Inflação de 80% ao mês, dívida a perder de vista, faltando comida na mesa do povo brasileiro, e o País engessado, sem condições para crescer por falta de infraestrutura. Agora, como estamos quebrados, sem dinheiro como antigamente, o governo petralha resolveu privatizar aeroportos? E a oposição não fala nada? Perdemos as eleições em 2006 por causa das privatizações do governo FHC, que Lulla colocou no palanque, esqueceram? E agora as dificuldades seriam diferentes? Estão ou não entregando nosso país nas mãos desses "capitalistas selvagens"? Com a palavra a "nossa" valente oposição!

E como ficará a Anac nessa transação? Sim, porque a Anac foi criada para ajudar a tornar os aeroportos mais eficientes, mas, como foi empesteada pela companheirada, tornou-se uma estrovenga ineficiente que só atrapalha. Será que os "capitalistas selvagens" levarão a Anac em consideração? Pode perguntar a qualquer piloto como a vida deles piorou, e muito, depois que os civis tomaram conta dessa fatia aeroportuária. Processos que demoravam, no máximo, 15 dias estão demorando até três meses. Cheque e recheque de pilotos que eram agendados no mínimo espaço de tempo, porque representam segurança de voo, estão sendo prorrogados até por três meses por falta de checadores. Fora a burrocracia. Como ficarão as privatizações dos aeroportos com a eficiente Anac no meio? Porque a Anac hoje pertence aos eficientes PeTralhas!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CACOETE

Dilma quer abrir o capital da Infraero. É a velha mania lullopetista de privatizar o lucro e socializar o prejuízo.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ONTEM E HOJE

É, agora que viu que a casa está caindo, dona Dilma quer privatizar aeroportos. Que Dilma é essa? Seria a mesma que fazia o maior barulho quando das privatizações de FHC?

 

Geraldo Alaécio Galo ggalo10@terra.com.br

Guarulhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FAÇA O QUE EU FALO...

 

A presidente da República anuncia que a administração e a operação dos aeroportos serão privatizadas. Não entendi. Não foi o PT - partido do governo - que atormentou FHC por privatizações em seu governo? Faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço, esse deve ser o ditado empregado por eles.

 

Lucia Helena Flaquer lucia.flaquer@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MUDANÇA DE IDEOLOGIA

 

Engraçado como a ideologia petralhista mudou! Sempre condenando privatizações realizadas por FHC, notadamente a da Vale, e agora, na maior cara lavada, o governo anuncia três aeroportos para a privatização mais a abertura de capital da Infraero? Perceberam que estão na estrada errada ou confessaram que são incompetentes profissionais, esparramando lorotas durante oito anos e meio?

 

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MERCADANTE

 

 

Quando o sr. Mercadante tenta desqualificar, dizendo que o outro (PSDB) foi rápido demais com a privatização, é somente sensação, pois a realidade é que o governo do PT é que está parado.

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRAIÇÃO?

O PT é como o escorpião da parábola "O Sapo e o Escorpião". Traição está na natureza dos seus militantes. O Bradesco, mesmo depois de ceder à pressão do governo para demitir o então presidente da Vale, Roger Agnelli, acabou sendo ferrado pelo lance "oficioso" do Banco do Brasil, de R$ 3,3 bilhões, pelo Banco Postal. Para despistar, o governo garantiu que o resultado "surpreendeu" até a presidente

Dilma Rousseff. Tem gente que acredita.

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALHAÇADA

É, de nada adiantou o Bradesco rifar Roger Agnelli da presidência da Vale para ficar com o Banco Postal. Deveriam estar cansados de saber que o PT não cumpre nenhum acordo. Botaram uma grana preta para que o Banco do Brasil fizesse o Bradesco de palhaço. Bem feito!

 

 

Milton Akira Kiyotani miltonak@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

APLICAÇÕES

Quem diria que um dia pudéssemos ler no Estadão a manchete "FGTS Petrobrás e Vale são as piores aplicações de maio".

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘SOMO TUDO PALACIANO’

O texto com esse título, de autoria de Roberto DaMatta (1.º/6), além de mal redigido, faz menção a um jargão pusilânime: "E com essa esquerda autocomplacente que inventou a bolsa-ditadura". Tanto quanto tantas vítimas da ditadura militar, quero dizer a esse sujeito o seguinte: enquanto você, e tantos outros da "esquerda festiva", discutia a "realidade brasileira" nas mesas de bares, depois de comer e dormir muito bem, outros, da luta e do enfrentamento, padeciam física e psicologicamente nas masmorras da Oban e do Dops. Os da "bolsa-ditadura" perderam seus empregos, suas famílias e suas melhores referências por um País livre e democrático. O que a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça - constituída de brasileiros do mais alto senso de justiça - está fazendo, em parte, é reparar o imenso dano causado pela ditadura militar.

Paulo Augusto de Podestá Botelho papbotelho@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OBRA-PRIMA

O texto do professor Roberto DaMata é uma obra-prima de concisão. Conseguiu colocar em duas centenas de palavras o que daria um livro. Sua brilhante análise do país onde vivemos é como um filme de suspense em que nosso coração vai à boca esperando o final. Neste caso, um final trágico.

 

 

Osmar Valentim oval1@uol.com.br

Vargem Grande Paulista

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ESTATAIS

São compreensíveis, diante dos abusos do lulopetismo, as contundentes críticas de Roberto DaMatta à "estadofilia, estadomania e estadolatria" dos nossos políticos na sua crônica "Somos tudo palaciano". Para ser justo e mais preciso no diagnóstico dos nossos problemas, é importante reconhecer que no Brasil não há nenhuma autarquia, agência e empresa com capital público que possa gozar do status de estatal. Sob o comando e o controle do Estado, e não dos governos, como o fazem os países do Primeiro Mundo. Dessa diferença decorre o aparelhamento de nossas entidades públicas: são 25 mil os cargos suscetíveis de nomeação política no nosso país, só na esfera federal. Nos EUA são 2 mil e na Inglaterra, cem - incluindo ministros.

Nilson Otávio de Oliveira noo@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AULAS DE CIDADANIA

Leio com satisfação o artigo "A empada e a azeitona", de Rolf Kuntz, e a crônica "Somo tudo palaciano", de Roberto DaMatta, aulas de cidadania que um dia, certamente, serão texto nas escolas, quando o pós-petismo lulista estiver soterrado na sua mediocridade.

E. Parente Ramos Filho e.parenterf@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALOCCI

 

Finalmente a oposição conseguiu convocar o ministro Antônio Palocci para depor na Câmara dos Deputados sobre o espantoso crescimento de seu patrimônio. Todos estaremos "ligados", pois, depois de Jesus com pães e peixes, temos agora o "milagre" da multiplicação de patrimônio. Será que, finalmente, ele vai revelar sua milagrosa receita?

Silvano Corrêa www.silvanocorrea.blogspot.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AGRICULTURA

 

O Palocci virou um pepino tão grande para o governo Dilma que só poderia ser convocado para prestar esclarecimentos sobre o seu enriquecimento instantâneo pela Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados...

 

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARA TENTAR LIQUIDAR DE VEZ

Não foi a oposição, não, que acabou por convocar o ministro Palocci para depoimentos sobre seu dito aumento geométrico de patrimônio pessoal. Foi é uma rajada mortal de um negócio chamado "fogo amigo fulminante". Nesse caso foi melhor deixar a oposição ficar com as glórias da vitória na convocação do ministro e os mais ladinos não se queimam dentro da base aliada.

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

HOSPÍCIO

A política brasileira nem precisa de exames mais minuciosos. É caso inconteste de internação em sanatório psiquiátrico. Está pirada. Verdadeira Pitbull em defesa do governo de Dilma, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) sugeriu ao partido a saída de Palocci do governo. Por pura coincidência, seu marido, o ministro Paulo Bernardo, já está sendo cogitado, caso a vaga seja aberta.

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GOLPE?!

O ministro Luiz Sergio disse que a convocação do super-honesto Palocci é golpe da oposição. Golpe é este governo, que desde o "cara" está acobertando os corruptos. Acorda, Brasil. Cadê os caras-pintadas, a CUT, as centrais sindicais? Estão calados porque o "cara" comprou todos eles, inclusive os 300 picaretas...

 

Delcio da Silva delcio796@terra.com.br

Taubaté

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PATÉTICO

 

O caso de Palocci está ficando a cada vez mais patético se considerarmos os seus defensores e tapadores do sol com peneira. O deputado Jilmar Tatto (PT-SP) diz que o erro do ministro foi ter registrado sua empresa em São Paulo. No que será que essa afirmação poderá ajudá-lo a defenestrar seu envolvimento com as prováveis maracutaias que estão apontadas em sua conduta? Se a tropa de choque conseguir anular a convocação do Palocci para esclarecer sua inocência, ficará registrada a sua culpa. Ainda vale o dito popular"quem não deve não teme".

 

 

 

Leila E. Leitão

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RUIM COM ELE, PIOR SEM ELE

Sobre Palocci e a patota do PMDB e do PT, olhando a parte não dá para entender o todo, mas olhando o todo se entende, a parte faz parte da orquestra.

Ruim o imbróglio dele e tudo o que representa, pior a ausência no lugar público dele.

Alice Arruda Câmara de Paula alicearruda@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SÓ PESADELO

Agora que a Câmara consegue convocar Palocci para ser sabatinado pelos deputados no intuito de esclarecer (se possível) como enriqueceu num passe de mágica, os camaradas de Dilma dizem que esse ato foi um golpe da oposição.

Golpe mesmo foram o mensalão, os dossiês falsos, a proteção irrestrita do PT a corruptos, incluindo o Waldomiro Diniz e o próprio Palocci, quando criminosamente quebrou o sigilo do caseiro Francenildo.

Ouve, sim, um golpe da oposição quando não infligiu ao Lula o impeachment, depois que o publicitário

Duda Mendonça confessou que recebeu do PT, em paraíso fiscal, US$ 10 milhões.

Por essas razões citadas, há muito eu durmo otário e acordo idiota, neste país em que o vitorioso é aquele que surrupia nossas instituições...

 

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUE PREVALEÇA A VERDADE

Palocci foi convocado. Ótimo. Espero que compareça e seja recebido com respeito, dentro do rito democrático, que seja inquirido de forma objetiva, sem intimidações, e responda sem evasivas ou reticências. Torço para que não se faça desse inquérito um palanque eleitoreiro e muito menos um jogo de cartas marcadas para "facilitar" a vida do ministro.

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PERDENDO O SONO

Já se diz que ter muito dinheiro não é bom. Parte do que ganhou Palocci vai perder, tendo de dividir suas economias com seu advogado. Será que vale a pena ter tanto dinheiro, ganho de forma escusa, a ponto de perder o sossego, o sono e a própria reputação?

 

Luciana Lins lucianavlins@gmail.com

Campinas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALOCCIGATE

 

Deputados e senadores dos partidos que dão apoio à presidente Dilma devem estar se perguntando: "Afinal,

a quem devemos fidelidade e respeito? A nossos eleitores, que no colocaram aqui para legislar, fiscalizar e moralizar este país, ou ao Poder Executivo, que tenta de todas as maneiras proteger um ‘marginal’ que multiplicou por 20 seu patrimônio imobiliário em apenas quatro anos fazendo tráfico de influencia no governo?"

Dona Dilma, bote esse homem para fora "ontem" e mantenha seus princípios, sua imagem de honestidade e capacidade, recupere sua credibilidade fazendo um mea-culpa pela TV antes que seu governo vá de todo para as cucuias. Respeite sua base de apoio para que ela seja respeitada pelos eleitores. E boa sorte.

Obs: Ninguém quer tirar a senhora do governo, muito menos a oposição.

 

Erico L. S. Pereira erico_ooo@yahoo.com.br

Valparaíso

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FATURAMENTO DOS ‘CUMPANHEIROS’

Recebendo R$ 200 mil por palestra, em quatro anos o patrimônio de Lulla crescerá mais que o de Palocci. Aliás, um cachê de R$ 200 mil para uma palestra poderia ser exagerado, mas quando está embutido uma "stand up comedy" faz sentido.

Moral da história: Quem tem a língua solta dá palestra. Quem tem a língua presa faz consultoria.

 

Claudio Juchem cjuchem@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CIDADÃO HERÓI

Acho uma injustiça a oposição deste país e boa parte da imprensa espezinharem o chefe da Casa Civil, o sr. Antônio Palocci, membro do PT S/A, a grande empresa política instalada pelo ex-presidente Lula em Brasília, há oito anos e meio. Um cidadão que presta serviços extraordinários com sua consultoria Projeto, que num único contrato ganha R$ 1 milhão a pretexto de taxa de sucesso (revelação do senador Eduardo Suplicy publicada pelo Estadão) e abre mão de sua renda magnífica como consulto, para se dedicar ao povo brasileiro, à Nação, ganhando perto de R$ 30 mil por mês (fora o cartão corporativo), merece uma estátua ou um busto em praça pública.

Haja patriotismo. Pena que em cinco meses de governo Dilma ele não tenha operado nenhum milagre para esse mesmo povo, como fez para as empresas que o contrataram durante quatro anos. Palocci: o senhor é um herói milionário (não necessariamente nesta ordem).

 

 

Luís Cláudio Marchesi pmarchesi@globo.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MINISTRO MORTO

 

Mesmo que Palocci ganhe um atestado de boa conduta do procurador-geral da República, a sua moral está irremediavelmente destruída. Mas como no Brasil a memória geral é curta, creio que ele aposta no esquecimento e na impunidade.

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ROUBALHEIRA GRAVE E GERAL

 

Aposto que se fosse instituída uma pesquisa nacional com o intuito de saber se os brasileiros estão satisfeitos com os políticos, diante dessa roubalheira infinda e sem castigo, com certeza a grande maioria votaria pelo afastamento imediato dessa cambada e convocação de novas eleições com proibição sumária de candidatos que um dia já foram eleitos. Sabemos que sempre houve atos lesivos ao erário, mas agora a coisa chegou a um ponto alarmante. É só procurar que surgem desvios inacreditáveis. Sem a imprensa ficaríamos sem saber de nada e é por isso que os governos corruptos querem cerceá-la. Vergonhoso pessoas conhecidas subirem em postes e gritarem: em nome da governabilidade, deixem a gente roubar em paz!

 

Geraldo Siffert Junior siffert18140@uol.com.br

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ENGANAÇÃO

 

No Brasil, historicamente jamais houve tanta corrupção e impunidade tão generalizada como tem acontecido nos últimos anos. Justo pelos que, antes de deterem o poder, apregoavam transparência, honestidade e, no entanto, são cúmplices nas irregularidades que, com frequência, grassam no País.

 

Humberto Schuwartz Soares hs-soares@uol.com.br

Vila Velha (ES)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DÚVIDAS

 

Será possível que os políticos surjam por osmose?

Será possível que a má índole esteja no DNA?

Será possível que não exista algum familiar para botar um freio?

Será possível que todos os familiares fiquem calados em função da grana?

Será possível que exista um gene defeituoso na árvore genealógica?

Não sei o que acontece, mas sei que é muita gente safada no meio político, dos três Poderes.

 

 

 

Sérgio Barbosa sergiobarbosa@megasinal.com.br

Batatais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ELEITOR, NÃO VOTE EM PSICOPATAS!

Infelizmente, o mundo está cheio de psicopatas. De acordo com a dra. Silva (2008), que descreve em seu livro "Mentes Perigosas - O Psicopata Mora ao Lado", de cada 100 pessoas, 3 homens e 1 mulher são psicopatas e dentro das penitenciárias o índice sobe assustadoramente.

A pergunta é: e entre os nossos políticos, seus secretários e assessores, qual seria o porcentual de psicopatas?

A psicopatia é uma doença sem cura, ainda sem um método ou equipamento capaz de diagnosticá-la, que faz o doente, que se parece fisicamente com as pessoas normais, não sentir empatia, ou seja, não consegue se colocar no lugar do outro. Ou simplesmente não veio de fábrica com o senso da consciência.

A maior parte desses doentes, felizmente, é da categoria leve, que não mata seu opositor e consegue conviver tranquilamente na sociedade sem ser descoberta e chega a ocupar, a qualquer custo, altos cargos nos setores públicos e privados.

Deixar uma criança de escola pública comer merenda estragada, por exemplo, só pode ser um ato criminoso de um ou vários psicopatas, que podem ser o prefeito, o secretário, o diretor da escola ou todos eles juntos.

Pagar um preço exorbitante por uma obra ou um serviço público, outro exemplo, que custaria um preço bem menor, para obter benefícios próprios ou enriquecimento ilícito, desviando dinheiro público que poderia ser destinado à saúde e educação de pessoas humildes e pobres, só pode ser coisa de quem não tem consciência.

E agora o pior: esses políticos, maléficos e sem coração, disfarçados de gente do bem, acabam se cercando de outros da mesma laia na formação dos seus gabinetes, transformando-se num grupo perigoso de psicopatas, que são ou serão nossos representantes e gestores da nossa cidade, do nosso Estado e do nosso país.

Precisamos acabar com a possibilidade desse covil, identificando e não elegendo essas pessoas, que graças a Deus são minoria em nosso meio.

 

 

 

Enaldo Pires Montanha montanha@costanegocios.com.br

Lins

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LULA E A FIFA

 

Li e não acreditei: Lula cogitado para presidir a Fifa com o objetivo de resgatar a credibilidade da entidade?! O analfabetismo é imperdoável, mas nestas horas tem suas vantagens.

Luiz Ress Erdei gzero@zipmail.com.br

Osasco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FIRULAS

Ufa! Até que enfim a frustração futebolística do Lula vai desaparecer, caso se confirme a boa nova: " O desespero da organização é tão grande que até o nome de Luiz Inácio Lula da Silva foi cogitado como alguém que poderia ser chamado para resgatar a credibilidade da Fifa". Não duvido. Depois de chamar seu filho bom de jogadas financeiras de "Ronaldinho dos negócios" e Palocci de "Pelé da economia" após a multiplicação de seu patrimônio, certamente, com a assessoria cara de pau do Delúbio e a tática de José

Dirceu, a Fifa jamais será a mesma: Futuro Indescritível para o Futebol Aloprado será a tradução da esclarecedora sigla!

 

 

 

José Jorge Ribeiro da Silva F. jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IRMÃOS DE FÉ

 

Lula foi cogitado para assumir a Fifa, nada mais natural, afinal, semelhantes se atraem. A Fifa é palco de escândalos e corrupção, logo, o melhor nome no ramo foi lembrado. Pelo perfil de Blatter, o nome mais cotado só poderia ser o do agente do veto ao Morumbi, patrocinado pela Fifa - sabe-se lá a quantos milhões -, para tentar vingar o beira-lixo que nunca saiu do papel. E São Paulo, a metrópole da América Latina, ficou relegada ao vexame, que, aliás, é a figura projetada do País no fiasco prometido para a Copa. Lula, corrupção, vexame.

 

Ronaldo Parisi rparisi@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CABRITO NA HORTA

A Fifa está tão atolada em corrupção que os dirigentes do futebol inglês, com seu senso de humor peculiar, aventaram a possibilidade de um expert em escândalos dirigir a entidade. Não pensaram duas vezes e escolheram nosso ex-presidente Lula. O mensalão seria internacionalizado.

 

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VADE RETRO

 

A Fifa (Federação Internacional De Fantásticos Abusos) cresceu imensamente. Tudo isso na gestão do arrogante João Havelange, que deve se endeusar pelo fato. Graças a votos para se perpetuar no poder, tal qual um senhor de seu relacionamento aqui, no Brasil, que, aliás, quer empossar a filha para manter a mamata, inchou a Copa do Mundo com 32 seleções e obteve votos. O negócio deve ser tão bom e rentável que a briga envolve até um milionário do Qatar. O que mais me assusta, pois esses fatos já são notórios, é a ideia dos ingleses de eleger o sr. Lulla da Silva para tal federação. Ora, se a corrupção já grassa na entidade, uma vez ungido ao cargo, imaginem os mensalões mundiais?! Seria uma oportunidade fantástica de os petralhas encherem ainda mais o cofre e lograrem o projeto de poder perpétuo na Terra Brasilis. Vade retro, Satanás!

Renato Camargo natuscamargo@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SANTA INGENUIDADE...

Lula foi cogitado para assumir a presidência da Fifa, sob a alegação de que resgataria a credibilidade?! Espera aí, é isso mesmo? Será que entendi direito? Resgatar a credibilidade? Devem estar brincando. Não devem ter tomado conhecimento do mensalão. Não devem saber o que é encher os cargos do governo com companheiros e sindicalistas. Coitados, não sabem de nada.

Panayotis Poulis ppoulis46@gmail.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O PAÍS DA IMPUNIDADE

Que país é esse? Com esses acontecimentos de violência, nós parecemos um país sem leis, justiça, ordem e principalmente governo. Vi recentemente o caso dos madeireiros e carvoeiros que estão matando vários agricultores. E o governo, sabendo de tudo isso, fala que vai proteger, ajudar, mas no fim não faz nada. Estão esperando o quê? Pois em menos de uma semana quatro já morreram e isso parece que não vai ser resolvido tão cedo. Os carvoeiros e os madeireiros estão destruindo nosso maior patrimônio, a nossa floresta (neste caso, a da Amazônia) e, como o governo não faz "nada", os indefesos agricultores arriscam suas vidas para proteger nossa floresta, são os nossos heróis do meio ambiente. Isso é vergonhoso para um país como o nosso, que se diz em franco desenvolvimento. Será que ninguém pensa, reflete sobre o nosso futuro e o das próximas gerações?

O que podemos fazer? Podemos pressionar o governo para atuar de forma mais eficaz e não deixar os planos só no papel, esperando que algo "milagroso" aconteça, e estar mais atento aos materiais que compramos para que provenham de madeira certificada, e não ilegal. Enquanto houver pessoas que comprem e vendam materiais de origem ilegal, isso não terá fim. Não podemos mais perder tempo, a hora de agir é agora, senão corremos o risco de perder nossas florestas e tornar nossa vida muito mais difícil.

 

Eduardo Scurti Varella edu-varella@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MATANÇA

 

Causa preocupação a matança de agricultores com militância política. A Polícia Federal precisa desvendar esses crimes e prender os criminosos covardes que matam brasileiros humildes. O Brasil não deve ser um paraíso em que criminosos pintam e bordam. A justiça seja feita.

 

Paulo Dias Neme profpauloneme@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘UM PLANETA MELHOR’

 

Confesso que nem li todo o artigo (31/5, A2) de autoria do sr. Kassab. Ele não honra o nome de seu pai. E vai por aí, navegando em mares poluídos e nunca dantes navegados. Não sei aonde quer chegar. Esse é o prefeito que enganou todos nós. Eta, oposição!

 

Nelson Penteado de Castro pentecas@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DINHEIRO EM CAIXA

Sobre a reportagem "Kassab tem parados em caixa R$ 6,9bi", sei que não é normal haver um aumento das taxas de impostos para nada. Sempre nos ensinam a fazer economia, mas esse dinheiro que agora está na sua "poupança" é público e devia ser usado em melhorias na cidade, nas áreas de saúde, educação, etc.

Os vereadores da Comissão de Finanças dizem que Kassab utilizará esse dinheiro no ano de eleições para obras. Mas por que usá-lo apenas em 2012, se nossa cidade precisa de "reparos" agora? Obviamente, Kassab está querendo se beneficiar. Sem acusar ninguém, posso dizer que nós (ou os que pagam os impostos, pelo menos) estamos pagando em benefício de apenas uma pessoa. É injusto!

Marina Tedeschi ninatedeschi@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘BICHOS ANTIECOLÓGICOS’

Cumprimentos ao Estadão e ao sr. Xico Graziano por abordarem tão importante assunto. Além do prejuízo para a agricultura, que ocorre durante um curto período do ano quando esses animais consomem plantações de milho, mandioca, batata, etc., o maior dano fica com o meio ambiente, onde esses bichos buscarão alimento no restante do ano, competindo com a fauna nativa e destruindo ares de proteção permanente. Nos moldes das portarias baixadas pela Secretarias de Agricultura de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, outros Estados atingidos pelo problema poderiam declarar esses animais como pragas e permitir o controle populacional. Isso não é caça, é controle de praga e questão de saúde pública, pois até pessoas morreram atacadas por esses animais.

José Luiz de Sanctis jldesanctis@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PIRATARIA

 

Gostaria de parabenizar o Estadão pelo excelente artigo "Um debate com quase todos do mesmo lado" no caderno Link de 30 de maio. Concordo com a maioria dos comentários a respeito do esquecimento da lei que supostamente regulamentaria a internet, atualmente nosso principal meio de livre comunicação e exposição de ideias. Não faria sentido querer criar uma lei para o mundo inteiro. Cada país, além de ter seus próprios costumes, tem também seus próprios códigos de ética, e seria ao mesmo tempo eminente e desprezível o fato de que os com mais influência global fossem favorecidos pela tal lei. Que tal começarmos a cortar os problemas, como a pirataria, pela raiz, ao invés de criarmos uma lei que pune quem compra? Obviamente, essa pessoa está incentivando o crime, mas será essa a melhor abordagem ou a mais simples? Uma lei que descobre um comprador de pirataria poderia descobrir ou ao menos dificultar a ação, não da pessoa que compra, mas, sim, da pessoa que vende produtos pirateados.

 

 

Bruno Magri Pini brunomagripini@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DIVERSÃO GARANTIDA

 

Existe uma maneira de não se desgastar com as notícias político-policiais, que não dão trégua. Basta encarar o Brasil como um enorme circo e passar a se divertir com o Sarney, o Haddad, a Copa, o Itaquerão, o trem-bala (esse é ótima!), a cartilha que ensina a escrever e falar errado, kit gay, que orienta a criança a gostar de meninos e meninas, as cômicas performances de CGU, PGR, AGU, sempre defendendo o indefensável, e até o STF, que chama órgão sexual de "regalo, plus da natureza"! O Brasil, com o PT, encontrou sua vocação de republiqueta de bananas, igualzinho às comédias de cinema. Jogando patriotismo, nacionalismo e autoestima para o alto, dá para rir muito com as figuras que "dirigem" o Brasil, com suas "ideias" e as situações hilariantes que criam. Bobos são os que ainda tentam levar o Brasil a sério. Vão ficar doentes! Mudem a ótica, relaxem, peguem a pipoca e o guaraná e se preparem para as gargalhadas. É diversão garantida!

Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LEIS ANTI-HOMOFÓBICAS

Domingo à noite saí para jantar com meu filho, de 22 anos, e sua namorada, de 17. Na mesa ao lado estavam duas pessoas do mesmo sexo se tocando (melhor não ser explícita) por todos os lados. Pedimos a conta antes do risco de eles passarem a "carícias mais profundas". No caso, se eu fosse até lá pedir um mínimo de comportamento moral, estaria sendo homofóbica? Como detectar o que será crime ou não? Tenho de aceitar todo o tipo de comportamento? E quem cuida do meu constrangimento? Devo achar normal e sorrir em sinal de apoio? Ou apenas me retirar sempre que me deparar com situações assim?

Ana Prudente ana_prudente@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OPÇÃO SEXUAL E FORMADORES DE OPINIÃO

 

Opção é livre escolha de uma possibilidade dentre outras (Houaiss). Não escolhi ser clara, extrovertida, "burrinha" na Matemática. Nem, na puberdade, sentir atração pelos rapazinhos da escola. Foi orquestrado por hormônios e neurônios. E estes, pelos genes que herdei. Heteros não escolhem sentir atração pelo sexo oposto. Acontece, naturalmente. Às vezes, a tendência homossexual manifesta-se aos 3, 4 anos. Criança tem condições de tal opção? Respeitar homossexuais é respeitar, em essência, a natureza humana. Que merece respeito sempre, seja qual for, em qualquer aspecto. Urge que formadores de opinião rejeitem a expressão "opção" sexual. Que fixa uma impropriedade e induz a se creditar (culpabilizar) aos homossexuais a responsabilidade por sua natureza, uma injustiça.

 

Eunice Marino marinoeu@hotmail.com

Guaxupé (MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais conteúdo sobre:
cartas fórum dos leitores opinião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.