Carteiro britânico pode ser condenado à prisão por atear fogo a cartas

Aaron Heaney queimou cerca de 400 correspondências; ele responde por danos criminais e por retardar o correio.

BBC Brasil, BBC

08 Julho 2009 | 11h12

Um carteiro pode ser condenado à prisão na Grã-Bretanha por atear fogo a centenas de cartas e pacotes.

Aaron Heaney, de 20 anos, admitiu ser culpado. Ele pode ser indiciado por causar danos criminais e retardar o correio propositadamente.

Ele reconheceu ter queimado cerca de 400 pacotes e cartas em um terreno baldio nas redondezas da cidade de Rochdale, perto de Manchester, na nordeste da Inglaterra.

Aaron disse também que manteve pilhas de correspondência dentro do seu carro entre os dias 20 de janeiro e 3 de abril deste ano.

O funcionário foi levado à Justiça pelos próprios Correios depois que um transeunte encontrou as pilhas de correspondência no terreno baldio.

Ele deverá voltar à Corte de Magistrados de Manchester na sexta-feira para conhecer seu veredicto. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.