Casais tendem a ficar parecidos com a idade, diz estudo

Um novo estudo sobre as preferências das pessoas quanto ao rosto dos parceiros mostra que os seres humanos são atraídos por faces que indicam características similares às suas próprias. Biólogos da Universidade de Liverpool lançaram um estudo para investigar por que, em tantos casais, os parceiros são parecidos entre si. A equipe, em colaboração com outras universidades britânicas, pediram a voluntários que avaliassem a idade, atratividade, e personalidade de casais casados. Fotos dos rostos dos homens foram analisadas em separados das fotos das mulheres, e os voluntários não sabiam quem era casado com quem.O cientista Tony Little explica, segundo nota divulgada pela Universidade de Liverpool: "Existe essa crença disseminada, de que os membros de casais, particularmente os que estão juntos há muitos anos, são parecidos um com o outro. Para entender o motivo, verificamos as pressuposições que as pessoas fazem sobre personalidade a partir das características da face. Descobrimos que casais casados produzem percepções semelhantes de idade, atratividade e personalidade. Por exemplo, se a mulher do casal causava a impressão de ser sociável, o homem teria grande probabilidade de ser considerado sociável, também".O cientista disse que casais casados há mais tempo produziam mais impressões semelhantes que casais recentes. Os pesquisadores agora procuram mais voluntários, casados ou solteiros, para tomar parte num estudo online que incluirá perguntas sobre personalidade, idade e atratividade. O estudo também envolverá testes de preferência facial, nos quais os voluntários terão de avaliar a atratividade de diferentes tipos faciais.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2006 | 14h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.