Casal deve se entregar em uma hora, diz investigador

Um dos investigadores do 9º Distrito Policial (DP) que foram hoje à casa do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, denunciados pela morte da menina Isabella Nardoni, para avisá-los da decisão da Justiça da decretação da prisão preventiva, ao sair do prédio em que eles estão, em Guarulhos, Grande São Paulo, informou, por volta das 20h30, que eles se entregarão e sairão com destino ao DP em uma hora. No mesmo horário, chegaram a Guarulhos dois dos advogados do casal, Ricardo Martins e Rogério Neres de Sousa. Com eles, chegou também Cristiane Nardoni, irmã de Alexandre. Antônio Nardoni, pai de Alexandre, chegou minutos depois à casa em Guarulhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.