Casal é preso acusado de matar filho de 3 meses no CE

Um casal está preso em Sobral, a 233 quilômetros de Fortaleza, acusado de ter matado o filho de apenas 3 meses. De acordo com a polícia, o bebê havia sido levado em estado grave pelos pais, Francisco Gleison de Maria, de 27 anos, e Maria Osmarina Alves de Holanda, de 29, à Santa Casa de Misericórdia de Sobral, mas morreu. Os médicos do hospital desconfiaram que a criança tivesse sido vítima de maus-tratos e denunciaram o caso à polícia. O crime aconteceu no domingo. Presos em flagrante, Gleison de Maria e Maria Osmarina continuam na Delegacia Regional da cidade. Eles foram indiciados por homicídio.De acordo com o laudo cadavérico emitido pelo Instituto Médico Legal (IML), havia sinais de asfixia e traumas no corpo do bebê. Em depoimento na delegacia, a mãe negou que o filho tenha sido vítima de maus-tratos. Maria Osmarina disse que havia dado de mamar e posto o bebê para dormir. Segundo o depoimento de Gleison de Maria à polícia, ele levou o filho ao hospital porque percebeu que a criança estava com o nariz sangrando. Somente em 2007, a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente do Ceará (Dececa) instaurou 446 procedimentos para apurar denúncias de crimes praticados contra menores.

CARMEN POMPEU, Agencia Estado

09 de abril de 2008 | 16h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.