Casal Hernandes tenta suspender pedido de extradição

Os fundadores da Igreja Renascer em Cristo, Estevam e Sonia Haddad Hernandes, entraram com um habeas-corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) na quinta-feira para tentar suspender o pedido de extradição feito pelo governo brasileiro aos Estados Unidos. Em janeiro do ano passado, o casal foi preso sob acusação de entrar nos EUA com US$ 56 mil não declarados. O relator do caso será o ministro Marco Aurélio. Os bispos alegam no habeas-corpus que, ao se mostrar favorável à extradição, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) contrariou o tratado firmado entre os dois países. O acordo prevê que o crime de lavagem de dinheiro não é passível de extradição. Argumentam, ainda, que o pedido de extradição apresentado pela 1ª Vara Criminal em São Paulo e mantido pelo Tribunal de Justiça paulista e pelo STJ deve ser suspenso e revogado por não ter sido fundamentado legalmente.

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

03 de outubro de 2008 | 21h36

Tudo o que sabemos sobre:
Casal HernandesSTF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.