Casal Nardoni volta para prisão em Tremembé (SP)

O casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, desde as 3 horas desta madrugada de sábado, já voltou a ocupar a carceragem de Tremembé, a 140 quilômetros da capital, no Vale do Paraíba, onde ambos estavam presos antes de serem trazidos para a capital paulista. Os dois foram condenados pela morte da menina Isabella Nardoni.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

27 de março de 2010 | 07h07

O caminhão que levava Alexandre, condenado a 31 anos, 1 mês e 10 dias de prisão, entrou com o acusado na Penitenciária Doutor José Augusto Salgado (Tremembé II). Anna Carolina, madrasta da vítima, condenada a 26 anos e 8 meses de prisão, cumprirá pena na Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, que fica no centro de Tremembé.

Em contato com os dois complexos prisionais, a reportagem foi informada que nenhum incidente fora ou dentro das unidades foi registrado com a chegada de Alexandre e Anna Carolina, que seguiram para suas respectivas celas, onde dividirão o espaço com os demais detentos. A penitenciária feminina onde está a madrasta de Isabella foi construída para abrigar 100 detentas, mas possui 181 atualmente. Já na Tremembé II, onde está Alexandre, 283 detentos ocupam um espaço feito para 239 pessoas.

Tudo o que sabemos sobre:
caso IsabellaNardoni

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.