Casal teria matado jovem para levar bebê

A Polícia Civil de Bragança Paulista (SP) procura um casal de São Paulo suspeito de sequestrar e esquartejar uma adolescente para ficar com o filho recém-nascido. Marcelo Pires Woitte, de 32 anos, e Jéssica Thais Capistrano Ferreira, de 20, eram amigos da vítima ? Renata Silva Monteiro, de 15. O corpo da jovem foi achado no dia 24 dentro de duas malas, em um lago da cidade do interior paulista.

AE, Agência Estado

28 Maio 2012 | 21h33

Uma semana antes da descoberta do corpo, o pai da vítima havia resgatado o neto em Natal (RN) ? onde estava sob a guarda da foragida. A polícia suspeita que Jéssica Thais e o amante mataram a jovem para ocultar o sequestro da criança. Na casa dela, o delegado Sandro Montanari Vasconcellos, da Delegacia de Investigações Gerais de Bragança, localizou no computador uma certidão de nascimento falsa do bebê. O registro, em nome de Miguel Capistrano Woitte, filho de Marcelo e Jéssica, data o nascimento em 30 de abril, em Natal.

A polícia apurou que a suspeita teria perdido um bebê em dezembro. "As evidências são de que o motivo desse brutal assassinato foi assegurar a impunidade quanto ao sequestro", afirmou o delegado João Valle. A vítima, que morava em São Paulo, na Brasilândia, desapareceu no dia 14 abril, com o filho de menos de 20 dias. O sumiço foi registrado pelo pai, Raimundo Nonato da Silva, que iniciou uma busca por conta própria. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.