Casamento real é inspiração para nome de tigres no RJ

Notícia em todo o mundo, o casamento real, na Grã-Bretanha, inspirou os funcionários do zoológico do Rio de Janeiro no batismo de seus mais novos moradores. William, de 4 anos, e Kate, de 5, dois tigres de bengala, foram apresentados hoje ao público carioca.

TIAGO ROGERO, Agência Estado

28 de abril de 2011 | 15h15

O macho, com 150 kg, e a fêmea, com 115 kg, são a grande esperança da equipe de biólogos para a primeira reprodução de tigres dentro do RioZoo. Kate, segundo o zoológico, já está em período reprodutivo. William e Kate chegaram na última segunda-feira por meio de permuta com o zoológico Beto Carrero, em Santa Catarina.

Além dos tigres, foram três pôneis e, em troca, partiram para o sul do País 15 íbis sagrados, aves de pequeno a médio porte que se reproduzem "com facilidade" no zoológico do Rio, de acordo com a assessoria de imprensa do local.

Na Casa dos Tigres, William e Kate vão se juntar a outros dois machos, porém cada par fica em um local separado. Eles já estão expostos, mas no sábado, 30, a partir das 9 horas, quem for até o RioZoo vai ter a chance de conhecer, por dentro, o lar dos animais, que serão retirados na noite anterior. Dois biólogos vão conversar com os visitantes para explicar os hábitos dos novos moradores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.