Caso Isabella: delegada toma depoimentos de vizinhos

A delegada assistente Renata Pontes, do 9º Distrito Policial de São Paulo, que apura o caso Isabella, chegou há pouco à delegacia, no Carandiru, na zona norte de São Paulo. Ela vai ouvir um casal de vizinhos de Alexandre Alves Nardoni e Anna Carolina Trotta Jatobá, pai e madrasta de Isabella Nardoni, de 5 anos, que morreu no dia 29 de março, após ser jogada do apartamento, no 6º andar do edifício, na zona norte de São Paulo. A delegada não quis identificar o casal de depoentes, que já esperava por ela.A delegada informou que mais duas pessoas serão ouvidas hoje e para amanhã à tarde estão previstos outros quatro ou cinco depoimentos no caso Isabella.Cristiane Nardoni, irmã de Alexandre, disse a delegada Renata, será ouvida "em momento oportuno", mas descartou que seja na próxima segunda-feira (14). Os depoimentos do pai e da madrasta, libertados ontem (11), após 9 dias na prisão, serão tomados somente após a liberação dos laudos dos Institutos de Criminalística (IC) e Médico-Legal (IML).

PAULA LAIER, Agencia Estado

12 de abril de 2008 | 17h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.