Cassado médico que ligou autismo a vacina

GRÃ-BRETANHA

, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2010 | 00h00

O Conselho Médico Geral da Grã-Bretanha cassou Andrew Wakefield, cujo estudo sugerindo ligação entre uma vacina comum e o autismo fez com que milhões de pais abandonassem os imunizantes contra sarampo, coqueluche e rubéola. A cassação o impede de exercer a medicina na Grã-Bretanha, mas não em outros países. O médico trabalha hoje nos EUA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.