Caterham busca dinheiro de torcedores para tentar correr em Abu Dhabi

Administradores da equipe Caterham de Fórmula 1 anunciaram uma iniciativa de financiamento público nesta sexta-feira para tentar arrecadar cerca de 3,7 milhões de dólares até o fim da próxima semana para que possam competir em Abu Dhabi.

REUTERS

07 Novembro 2014 | 18h42

"Se não atingirmos a meta até a próxima sexta-feira, obviamente os recursos prometidos serão devolvidos", disse Finbarr O'Connell, administrador que representa a Smith & Williamson, em um comunicado.

"Mas agora estamos esperançosos com o futuro da equipe e estamos confiantes de que a equipe, mostrando ao mundo que pode correr novamente, terá um futuro brilhante sob um novo dono em uma situação financeira adequada", acrescentou.

A Caterham entrou em administração judicial no mês passado, não esteve no GP dos Estados Unidos e também não participará da corrida deste fim de semana em São Paulo. A prova de Abu Dhabi, em 23 de novembro, encerra a temporada de Fórmula 1.

A iniciativa da arrecadação de recursos acontece no mesmo dia em que os administradores da rival Marussia anunciaram que a equipe está fechando as portas e que os cerca de 200 funcionários serão demitidos.

A Caterham disse que as empresas e os fãs podem oferecer dinheiro através de um site (www.crowdcube.com/caterham).

(Reportagem de Alan Baldwin)

Mais conteúdo sobre:
F1CATERHAMDINHEIRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.